NFA-e: Saiba o que é uma nota fiscal avulsa

0

Conhecido como NFA-e, a nota fiscal avulsa é uma boa opção para quem não realiza operações de venda de produtos com frequência ou para aquelas que não têm a obrigatoriedade de emitir Nota Fiscal Eletrônica.

Ela é bastante utilizada por microempreendedores individuais (MEIs).

A Nota Fiscal Avulsa permite aos MEI’s negociar com empresas maiores

É um documento fiscal emitido individualmente.

O microempreendedor individual não é obrigado a emitir nota fiscal quando vende produtos para pessoas físicas. 

Porém, isso muda quando a transação é feita com outro CNPJ, ou seja, uma pessoa jurídica.

Quando isso ocorre, o MEI tem que emitir uma NF-e, ou o cliente precisa emitir uma nota fiscal de entrada.

Pode acontecer do cliente não querer emitir essa nota, então, se isso acontecer, cabe ao MEI gerar a Nota Fiscal Avulsa.

Para emitir a Nota Fiscal Avulsa você precisará da autorização da Sefaz do seu estado.

Então, antes de qualquer coisa é preciso procurar esse órgão para se informar sobre as regras.

Sobre a NFA-e

– O objetivo da NFA-e é comprovar a regularidade da transação comercial, além de servir para o recolhimento correto de impostos.

– A Nota Fiscal Avulsa permite informar apenas 10 itens, portanto, caso sua venda seja de +10 produtos, é preciso o registro de mais de uma nota;

– Uma grande vantagem é que ela permite que Microempreendedores realizem negociações com empresas maiores, já que muitas só fecham negócio com quem emite nota fiscal.

– A  2° via de uma NFA-e deve ser solicitada pelo emissor junto com a SEFAZ.

– Não é possível fazer a correção de uma NFA-e, nesse caso será preciso cancelar a nota e emitir uma nova e isso poderá levar até uma semana.

– As NFA-e devem ser guardadas impressas por um período de cinco anos.

Dica Extra: Já imaginou aprender 10 anos de Prática Contábil em poucas semanas?

Conheça um dos programas mais completos do mercado que vai te ensinar tudo que um contador precisa saber no seu dia a dia contábil, como: Rotinas Fiscais, Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, tudo sobre Imposto de Renda, MEIs, Simples Nacional, Lucro Presumido, enfim, TUDO que você precisa saber para se tornar um Profissional Contábil Qualificado.

Se você precisa de Prática Contábil, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um verdadeiro profissional contábil.

Fonte: Actana