Já ouviu falar de nome negativado indevidamente? O problema é real e pega muita gente de surpresa! Aprenda agora como limpar seu nome e receber uma compensação.

Ter o nome negativado é um problema bastante comum entre brasileiros.

Porém, é importante conhecer seus direitos e saber como resolver!

De maneira geral, a negativação do nome e CPF acontece quando um débito é registrado em algum órgão nacional de proteção ao crédito, como SPC ou Serasa.

Popularmente conhecido como “nome sujo”, essa negativação implica que o CPF do devedor será percebido em alguma transição de crédito, podendo gerar complicações na vida financeira do consumidor, como restrições financeiras, limitações sociais e interrupção de planos pessoais.

Leia também: Nome negativado: o que significa e como resolver?

Se ter o nome negativado pode gerar tantas complicações na vida do consumidor, isso se torna ainda mais grave quando a negativação ocorre de maneira indevida.

Por isso, é importante estar sempre atento a qualquer movimentação bancária estranha, que não foi feita por você e que possa gerar uma negativação pelo não pagamento.

Sendo assim, é importante estar atento(a) às ferramentas de consulta digital do CPF, como o Serasa, verificando se você teve o nome negativado indevidamente por alguma instituição com a qual você não tem qualquer dívida.

O que significa estar com o nome negativado indevidamente?

Por mais absurdo que pareça, sim, o consumidor pode ter o seu nome negativado sem que tenha feito uma dívida.

Geralmente, isso acontece por erro da empresa que fez a inscrição no SPC ou Serasa, e é mais comum do que se imagina!

Nesses casos, pode ocorrer de o consumidor só ficar sabendo da inscrição do seu nome nos birôs de proteção ao crédito quando decide dar um passo importante em sua vida, como quando precisa pedir uma linha de crédito.

Ou, o que é ainda mais comum, o consumidor pode ser surpreendido por uma notificação de que teve o seu nome negativado por uma empresa com a qual não tem qualquer vínculo.

Mesmo sendo uma situação revoltante, muita gente ainda não sabe que possui direitos em casos de nome negativado indevidamente e que, além de poder limpar seu nome imediatamente, também tem direito a uma compensação financeira pelo erro da empresa.

Um nome negativado indevidamente costuma acontecer pelos seguintes motivos:

Nome negativado indevidamente por conta já paga

Acontece quando o consumidor já pagou uma conta ou dívida com determinada empresa, mas mesmo foi negativado por ela.

Isso pode acontecer, muitas vezes, por um erro da empresa na verificação dos pagamentos.

Nesses casos, é possível exigir que o nome seja limpo imediatamente e pedir uma compensação financeira pelo erro da empresa.

Nome negativado indevidamente por golpe ou fraude

Infelizmente, golpes e fraudes são comuns no Brasil.

E o pior: seu nome pode ser negativado em razão disso.

O consumidor que tiver seu nome inscrito nos birôs de proteção ao crédito por golpe ou fraude também poderá pedir uma indenização pelo dano moral sofrido.

Nome negativado indevidamente por serviço não contratado

Pode acontecer, também, do seu nome ser inscrito nos birôs de proteção ao crédito por um serviço que não contratou.

Nesses casos, geralmente o consumidor nem chegou a ter vínculo com a empresa e foi cobrado pelo serviço.

Pode acontecer também, e isso é comum com empresas de telefonia, que você seja cobrado por serviços adicionais que não contratou.

Sendo assim, esse tipo de negativação possui um agravante, por vir acompanhada de uma cobrança indevida.

Nome negativado indevidamente por dívida vencida há cinco anos ou mais

Toda dívida possui um prazo máximo de 5 anos para ser cobrada.

Por isso, se uma dívida permanecer registrada por mais de 5 anos nos birôs de proteção ao crédito, o consumidor está sendo vítima de nome negativado indevidamente.

Nesse caso, o consumidor tem direito a não somente pedir a retirada da inscrição, mas também a receber uma indenização por danos morais.

Como resolver o meu problema com nome negativado indevidamente?

O primeiro passo para resolver essa situação é se certificar que a negativação realmente aconteceu.

Você pode fazer isso consultando seu CPF nos birôs de proteção ao crédito, como o site do Serasa.

Se você não sabe fazer a consulta do seu CPF, leia este conteúdo e aprenda o passo a passo.

Além disso, é importante saber quem fez a inscrição, ou seja, a empresa.

Assim, ficará mais fácil contatar a empresa e entender o que aconteceu, além de te ajudar a identificar se, pelo menos, você teve algum vínculo.

Depois, procure recolher algumas provas essenciais para comprovar a negativação.

Essas provas podem ser comprovantes de pagamento, para os casos em que a negativação ocorreu por uma dívida vencida ou conta já paga.

Descubra se o seu nome foi negativado injustamente. Faça um diagnóstico online do seu caso e saiba o que fazer! É grátis! Clique aqui.

Para os casos em que a negativação ocorreu por um serviço não contratado, a principal prova é alguma registro da inscrição do seu nome/CPF nos birôs de proteção ao crédito.

Já nos casos de nome negativado indevidamente por golpe ou fraude, é de responsabilidade da empresa provar o que aconteceu.

Essas provas ajudarão você a comprovar o seu problema com nome negativado indevidamente e exigir uma resolução para isso.

Ficou com o nome negativado indevidamente? A Resolvvi pode te ajudar!

Caso você tenha passado, ou esteja passando por essa situação incômoda de ficar com o nome negativado indevidamente, não deixe de exigir seus direitos!

Você pode limpar seu nome e ainda receber uma compensação financeira pelo transtorno sofrido, e a Resolvvi pode te ajudar com isso!

Basta verificar, gratuitamente e em poucos minutos, se o seu caso é qualificado a uma indenização.

Você só vai precisar contar o que aconteceu e nossos especialistas em direito do consumidor vão cuidar de tudo para você.

Se o seu pedido for qualificado a uma indenização, você poderá exigir seus direitos sem precisar sair de casa, totalmente sem audiências e o melhor: você só paga se ganhar.

Verifique o seu caso agora mesmo, limpe seu nome e receba sua indenização!

Fonte: Resolvvi