Que tipo de problemas posso enfrentar?

Problemas financeiros, multas e até mesmo prisão são algumas das dores de cabeça que você vai correr o risco de enfrentar ao trabalhar sem emitir o documento fiscal respectivo para o seu negócio, seja notas de mercadorias, seja notas de serviços, seja ele o manifesto, entre outros.

Não emitir o documento é estar fora da lei

É sabido que as cargas de tributos em nosso país é gigantesca quando comparada com países desenvolvidos, uma vez que para praticamente tudo, pagamos impostos.

Por este motivo, muitos acabam deixando de emitir o documento específico para “ganhar” um pouco mais, no entanto esta prática fará com que descumpra a LEI Nº 8.137, DE 27 DE DEZEMBRO DE 1990, a qual de define como obrigação da empresa em fornecer a nota, constituindo crime contra a ordem tributária suprimir ou reduzir tributo, ou contribuição social e qualquer acessório, mediante as condutas nela escritas.

Apreensão de mercadorias

Caso uma empresa esteja enviando mercadorias sem a nota fiscal, e o fisco interceptar o transporte, eles poderão reter as mesmas, lavrando um Auto de infração e identificando o contribuinte para até mesmo a aplicação das multas cabíveis.

Multa e detenção

Sim, deixar de emitir nota fiscal poderá acarretar até mesmo nestas duas penalidades.

Segundo o que determina a lei, os crimes que estão relacionados a sonegação de impostos, rendem multas que equivalem a 10 vezes o valor dos tributos.

No entanto, quando uma empresa “cai” em uma dessas verificações, é puxado todo o histórico dela, e os impostos que foram sonegados anteriormente, também farão parte do pacote, sendo somados para que seja feita a multiplicação e o valor da multa.

Portanto, cuidado, o “molho pode ficar mais caro que o peixe”.

Emissão de Nota Fiscal

Outros problemas poderão ocorrer

Não vale a pena correr estes riscos por que a Receita Federal está cada vez mais de olho e com equipamentos para identificar infrações desta natureza, além de ter um longo prazo para perceber estes atos.

Além de cometer crime e ter que pagar, e caro, por isso, o contribuinte que for pego fazendo “nota branca”, poderá até mesmo perder vendas.

Isto por que todo mundo já sabe que é direito receber a sua nota fiscal, desta forma, aqueles que insistirem em não fornecer devidamente o documento, vai correr o risco de até perder o cliente e ficar mal falado no arredores.

Emitir corretamente gera alguns benefícios

Controle na gestão financeira da empresa por exemplo.

Sim, vamos dizer que o empresario compra com e sem nota, e da mesma forma ele vende com e sem nota.

Na hora de fazer o balanço da empresa, para saber como anda a saúde da mesma, os dados não irão ser corretos, por que não seguem um padrão.

Desta forma ficará apenas nos achismos, não tendo certeza se é hora de expandir ou travar alguma coisa.

Portanto, se fizer tudo certo, terá um balanço correto, sabendo exatamente o que está acontecendo dentro da empresa.

Ficará mais fácil pegar um empréstimo por exemplo, pois poderá comprovar com dados reais a movimentação das transações, entre outras.

DICA EXTRA JORNAL CONTÁBIL: Imaginou aprender 10 anos de Prática Contábil em poucas semanas?

O nosso parceiro Viver de Contabilidade criou um programa completo que ensina tudo que um contador precisa saber no dia a dia, Rotinas Fiscais, Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, tudo sobre Imposto de Renda, MEIs, Simples Nacional, Lucro Presumido, enfim, TUDO que você precisa saber para se tornar um Profissional Contábil Qualificado.

Se você precisa da Prática Contábil, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um verdadeiro profissional contábil.

Fonte: FreeNFe