13°C 28°C
Uberlândia, MG
Publicidade

Cirurgia plástica tem cobertura de planos de saúde?

Cirurgia plástica tem cobertura de planos de saúde?

09/04/2022 às 15h01 Atualizada em 09/04/2022 às 18h01
Por: Jorge Roberto Wrigt
Compartilhe:
Designed by @freepik / freepik
Designed by @freepik / freepik

Este é um assunto que pode criar algumas dúvidas. Isso porque muitas cirurgias plásticas são apenas para manter a estética. Será que um plano de saúde cobre cirurgia plástica?

Geralmente os planos de saúde não cobrem os procedimentos plásticos cirúrgicos realizados com a finalidade unicamente estética. Na verdade, o plano de saúde deve oferecer cobertura para a correção de deformidades que o paciente apresenta e cirurgias reparadoras.

Segundo a Agência Nacional Suplementar (ANS),  os planos são obrigados a cobrir as cirurgias plásticas feitas com o objetivo de corrigir defeitos, sejam eles congênitos ou adquiridos. Também determina que devem oferecer cobertura para a correção de deformidades que o paciente apresente e cirurgias reparadoras (lesões, defeitos e deformidades apresentadas pelo paciente).

Veja as cirurgias plásticas que os planos são obrigados a cobrir

Reconstrução mamária 

Nos casos em que as mulheres que tiveram diagnóstico de câncer ou que precisaram realizar mastectomia recebem a cobertura do plano de saúde, bem como pacientes com lesões traumáticas.

Redução das mamas 

Nos casos em que for por motivo de saúde, o plano deve cobrir a cirurgia plástica de redução de mamas. Neste caso, quando o tamanho implica em problemas para a saúde.

Pode até parecer uma cirurgia meramente estética, no entanto, o peso pode até mesmo causar problemas de coluna ao paciente, como em casos de gigantomastia.

Blefaroplastia 

Quando o paciente precisa realizar uma cirurgia plástica para retirar o excesso de pele das pálpebras. Sendo que em alguns casos é considerado um procedimento apenas estético. Porém, há casos em que a quantidade de pele pode até atrapalhar a visão do paciente. Em situações em que a visão da pessoa fica comprometida, o plano de saúde deve sim cobrir a realização desse procedimento.

Queimaduras, quelóides e cicatrizes

Nos casos em que o paciente sofreu queimaduras, deixando cicatrizes, ou quando uma pessoa sofre um ferimento que deixa uma cicatriz saliente após a cura do ferimento, a ANS recomenda que o plano de saúde deve cobrir a cirurgia plástica.

Excesso de pele 

Nos casos em que o paciente apresenta obesidade mórbida submetidos a procedimentos como a cirurgia bariátrica ou redução de estômago podem apresentar excesso de pele resultante do emagrecimento. Sendo necessário a retirada dessa pele, o plano de saúde deverá cobrir a cirurgia plástica.

A ANS também determina que os planos de saúde são obrigados a cobrirem próteses, apêndices e órteses que sejam necessários nos procedimentos de cirurgia plástica.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
17°
Tempo limpo

Mín. 13° Máx. 28°

16° Sensação
3.6km/h Vento
42% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h43 Nascer do sol
05h54 Pôr do sol
Qui 28° 14°
Sex 29° 15°
Sáb 30° 16°
Dom 31° 17°
Seg 32° 18°
Atualizado às 05h06
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,59 -0,03%
Euro
R$ 6,06 -0,08%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,56%
Bitcoin
R$ 393,921,45 +0,76%
Ibovespa
126,589,84 pts -0.99%
Publicidade
Publicidade