13°C 28°C
Uberlândia, MG
Publicidade

Fique Ligado: o valor da pensão alimentícia em 2023 está mais alto

Fique Ligado: o valor da pensão alimentícia em 2023 está mais alto

04/01/2023 às 15h58 Atualizada em 04/01/2023 às 18h58
Por: Jorge Roberto Wrigt
Compartilhe:

A pensão alimentícia é um benefício garantido por lei. Porém, muitas pessoas têm dúvidas sobre o assunto. A maioria dessas dúvidas estão relacionadas ao valor que será pago.

A pensão é paga a partir de um acordo pessoal ou quando a Justiça determina. O valor que será pago é para oferecer  moradia, alimentação, lazer, educação, saúde etc. Também pode ser oferecida em forma de cesta de alimentos, por exemplo.

Para solicitar uma pensão alimentícia, é preciso propor uma ação de alimentos que vai ter uma formalidade por escrito e testemunhas. A pessoa que exige os alimentos vai ter que contratar um advogado ou ir até a Defensoria Pública para dar entrada no processo demonstrando os gastos de quem vai receber e a possibilidade de pagamento de quem vai pagar.

Leia Também: Alckmin assumi MDIC e afirma que reindustrialização é essencial

Tem direito a receber a pensão alimentícia os filhos menores de 18 anos. Porém, ficou estabelecido que os pagamentos devem ser realizados até aproximadamente 24 anos, desde que o filho esteja matriculado em uma universidade.

A pensão alimentícia deverá ser paga pela pessoa que não exerce a guarda. Nos casos em que os pais não forem capazes de fazer o pagamento, a Justiça pode determinar que os avós forneçam a pensão alimentícia.  

Valor da pensão sobe em 2023

Para o ano de 2023, a pensão alimentícia teve um reajuste. Esse valor é baseado no novo valor do salário mínimo, que entrou em vigor no dia 1º de janeiro deste ano e segue uma tabela de postagem de repasse. Os números são definidos depois de uma análise das necessidades de quem vai receber o auxílio. 

Ficará a cargo de um juiz determinar o valor da pensão alimentícia, isso porque a lei brasileira não define nenhuma quantia mínima ou máxima. Engana-se quem pensa que esse valor é de 30% do salário da pessoa que vai pagar a pensão. Isso porque o valor pode ser mais ou menos, dependendo de cada caso.

O valor será pago de acordo com as necessidades dos filhos que vão receber a pensão. No entanto, os recursos a pagar também serão considerados em todo o processo.

Leia Também: Saques de R$ 3 mil do FGTS já estão disponíveis. Veja como fazer!

No caso daqueles que são profissionais autônomos, o valor da pensão alimentícia em 2023 será reajustado com base no salário mínimo, que subiu de R$ 1.212 para R$ 1.320. Confira:

  • 10% – R$132
  • 20% – R$264
  • 30% – R$396
  • 40% – R$528
  • 50% – R$660
  • 60% – R$792
  • 70% – R$924
  • 80% – R$ 1.056
  • 90% – R$ 1.188.

Lembrando que quem recebe a pensão alimentícia tem direito ao 13º salário. Há situações em que a Justiça determina que o valor da pensão alimentícia possa incidir sobre as horas extras adicionais. Cada caso é analisado com todas as devidas particularidades pelo juiz responsável.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
15°
Tempo limpo

Mín. 13° Máx. 28°

14° Sensação
3.6km/h Vento
51% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h43 Nascer do sol
05h54 Pôr do sol
Qui 28° 14°
Sex 29° 15°
Sáb 30° 16°
Dom 31° 17°
Seg 32° 18°
Atualizado às 08h06
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,59 -0,03%
Euro
R$ 6,06 -0,08%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,56%
Bitcoin
R$ 393,149,75 +0,56%
Ibovespa
126,589,84 pts -0.99%
Publicidade
Publicidade