14°C 28°C
Uberlândia, MG
Publicidade

Horas extras: como calcular após mudanças na legislação

Horas extras: como calcular após mudanças na legislação

17/10/2023 às 11h35 Atualizada em 17/10/2023 às 14h35
Por: Ana Luzia Rodrigues
Compartilhe:
Imagem: coffeekai / freepik
Imagem: coffeekai / freepik

Após decisão do Tribunal Superior do Trabalho (TST),  as horas extras ganham um novo cálculo. Agora, passam a somar a média do valor das horas extras pagas sobre o repouso semanal remunerado. A regra começou a valer desde o mês de março.

Dessa forma, os trabalhadores se beneficiaram com um pequeno aumento nos valores a receber quando prestarem serviços em horas extras habituais.

Diante deste novo e atual critério de cálculo adotado pelo TST, aumenta os salários pagos aos empregados e onera a folha de pagamento das companhias.

Leia também: Qual Máximo De Horas Extras O Trabalhador Pode Fazer Por Dia?

O que é descanso semanal remunerado?

O descanso semanal remunerado é um período de 24 horas consecutivas concedido ao trabalhador com carteira assinada. Assim, ele recebe por esse dia não trabalhado, que geralmente é aos domingos.

A hora extra trabalhada durante a semana entra no cálculo do repouso semanal remunerado porque não foi utilizada para descanso.

Leia também: Banco De Horas X Horas Extras: Você Sabe A Diferença?

O que mudou a partir da decisão do TST?

Por exemplo, se um trabalhador recebe R$ 2.200 por mês para trabalhar de segunda a sábado, chega-se a um salário-hora de R$ 10, considerando 220 horas regulares no intervalo de 30 dias.

Neste caso, quando o trabalhador faz uma hora extra por dia, ele deve receber por ela R$ 15 (R$ 10 com o acréscimo de 50% previsto em lei). Isso resultaria em R$ 105 por semana: R$ 90 pelas horas extras dos seis dias da semana e um acréscimo de R$ 15 ao descanso remunerado do domingo.

Com a mudança, esses R$ 15 pagos aos domingos, referentes às horas extras habituais de segunda a sábado, passarão a ser computados nos cálculos das férias, do 13°, do aviso prévio e do FGTS. Isso considerando a média de 4,5 semanas por mês. 

O TST alterou a Orientação Jurisprudencial (OJ) 394 para garantir que a decisão seja seguida pelas demais instâncias da Justiça Trabalhista.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
26°
Tempo limpo

Mín. 14° Máx. 28°

25° Sensação
5.14km/h Vento
27% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h44 Nascer do sol
05h54 Pôr do sol
Qua 29° 14°
Qui 30° 15°
Sex 30° 15°
Sáb 30° 16°
Dom 31° 17°
Atualizado às 14h07
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,60 +0,38%
Euro
R$ 6,07 +0,05%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,69%
Bitcoin
R$ 390,981,86 -2,69%
Ibovespa
126,758,35 pts -0.86%
Publicidade
Publicidade