17°C 30°C
Uberlândia, MG
Publicidade

Aposentadoria pelo INSS: As Formas Mais Fáceis em 2024

Conhecer essas regras pode facilitar o processo e ajudar na escolha da melhor forma de se aposentar. Aqui estão as principais modalidades disponíveis:

10/07/2024 às 17h22
Por: Ricardo de Freitas Fonte: INSS
Compartilhe:
Aposentadoria pelo INSS: As Formas Mais Fáceis em 2024
Aposentadoria pelo INSS: As Formas Mais Fáceis em 2024

A aposentadoria pelo INSS em 2024 segue várias regras e transições estabelecidas após a Reforma da Previdência de 2019. Conhecer essas regras pode facilitar o processo e ajudar na escolha da melhor forma de se aposentar. Aqui estão as principais modalidades disponíveis:

1. Aposentadoria por Idade

A aposentadoria por idade é uma das formas mais acessíveis para trabalhadores que começaram a contribuir após a reforma. Em 2024, as exigências são:

Mulheres: 62 anos de idade e 15 anos de contribuição.

Homens: 65 anos de idade e 20 anos de contribuição.

2. Regras de Transição

1. Transição por Idade Mínima Progressiva

  • Mulheres: Em 2024, a idade mínima para se aposentar é de 58 anos e 6 meses, com pelo menos 30 anos de contribuição.
  • Homens: A idade mínima é de 63 anos e 6 meses, com pelo menos 35 anos de contribuição.
  • Esta regra aumenta a idade mínima em seis meses a cada ano até atingir 62 anos para mulheres em 2031 e 65 anos para homens em 2027​

Leia Também: Tenho 25 anos de contribuição, quando posso me aposentar?

2. Transição por Pontos

  • Mulheres: Devem atingir 91 pontos em 2024 (soma da idade e do tempo de contribuição).
  • Homens: Devem atingir 101 pontos em 2024.
  • Essa pontuação aumenta gradualmente até chegar a 100 pontos para mulheres em 2033 e 105 pontos para homens em 2028​ 

3. Transição por Pedágio de 50%

  • Mulheres: Necessitam ter pelo menos 28 anos de contribuição até 13 de novembro de 2019, e cumprir 50% do tempo que faltava para atingir os 30 anos de contribuição.
  • Homens: Necessitam ter pelo menos 33 anos de contribuição até 13 de novembro de 2019, e cumprir 50% do tempo que faltava para atingir os 35 anos de contribuição.
  • Exemplo: Se uma mulher tinha 28 anos de contribuição em 2019, faltavam 2 anos para os 30. Com o pedágio de 50%, ela precisa cumprir mais um ano além dos dois que faltavam, totalizando três anos​ ​.

4. Transição por Pedágio de 100%

  • Mulheres: Precisam ter 57 anos de idade e cumprir o dobro do tempo que faltava para atingir os 30 anos de contribuição.
  • Homens: Precisam ter 60 anos de idade e cumprir o dobro do tempo que faltava para atingir os 35 anos de contribuição.
  • Exemplo: Se uma mulher tinha 28 anos de contribuição em 2019, faltavam 2 anos para os 30. Com o pedágio de 100%, ela precisa cumprir mais dois anos além dos dois que faltavam, totalizando quatro anos​

5. Transição por Tempo de Contribuição com Idade Mínima

  • Mulheres: Necessitam de 30 anos de contribuição e uma idade mínima de 56 anos (aumentando 6 meses por ano até atingir 62 anos).
  • Homens: Necessitam de 35 anos de contribuição e uma idade mínima de 61 anos (aumentando 6 meses por ano até atingir 65 anos).

Leia Também: Qual o valor da aposentadoria por idade?

Benefícios de Escolher a Regra Certa

A escolha da regra de transição mais adequada pode influenciar o valor do benefício e o tempo necessário para se aposentar. Por isso, é essencial entender bem cada regra e avaliar qual se aplica melhor à situação específica do segurado.

3. Aposentadoria Especial

Para quem trabalhou em condições insalubres ou perigosas, a aposentadoria especial permite a conversão do tempo de serviço especial em comum, permitindo a aposentadoria mais cedo. Essa modalidade não exige idade mínima, mas sim o tempo de contribuição específico para a atividade desempenhada.

Estratégias para Facilitar a Aposentadoria

Para facilitar o processo de aposentadoria, é crucial manter um bom controle das contribuições e optar pela regra que melhor se adapta à sua situação:

  • Verifique regularmente o extrato previdenciário (CNIS) para garantir que todas as contribuições estão registradas.
  • Utilize simuladores online para calcular o tempo restante para a aposentadoria e planejar financeiramente.
  • Consulte um advogado previdenciário para entender melhor qual regra de transição pode ser mais vantajosa no seu caso.

Entender as nuances das regras de transição e as exigências atuais pode evitar surpresas e garantir uma aposentadoria mais tranquila e planejada.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Uberlândia, MG
22°
Tempo limpo

Mín. 17° Máx. 30°

21° Sensação
2.57km/h Vento
43% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h46 Nascer do sol
05h50 Pôr do sol
Sáb 28° 16°
Dom 28° 15°
Seg 29° 16°
Ter 29° 16°
Qua 30° 16°
Atualizado às 23h06
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,00%
Euro
R$ 5,93 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,05%
Bitcoin
R$ 332,905,10 +0,43%
Ibovespa
128,896,98 pts 0.47%
Publicidade
Publicidade