17°C 30°C
Uberlândia, MG
Publicidade

Contabilidade: Além dos Números – Enfrentando os Impactos Pessoais da Profissão

O Desafio de Manter a Saúde Física e Mental em um Ambiente de Alta Pressão

11/07/2024 às 05h47 Atualizada em 11/07/2024 às 06h39
Por: Ricardo de Freitas Fonte: Ricardo de Freitas
Compartilhe:
Contabilidade: Além dos Números – Enfrentando os Impactos Pessoais da Profissão | Freepik
Contabilidade: Além dos Números – Enfrentando os Impactos Pessoais da Profissão | Freepik

A contabilidade é uma profissão essencial para o funcionamento saudável de qualquer empresa. No entanto, ser um contador vai muito além de lidar com números e balanços. Envolve uma resiliência emocional e mental significativa para enfrentar a pressão constante, os prazos apertados e a necessidade de precisão. Essas demandas incessantes não afetam apenas a saúde física e mental dos contadores, mas também têm um impacto profundo em suas vidas pessoais e sociais.

Imagine a dor de não poder segurar a mão de um ente querido sem sentir um formigamento insuportável ou a exaustão de voltar para casa após um longo dia, apenas para descobrir que o estresse do trabalho o afastou de momentos preciosos com a família. A carga emocional e física que acompanha a contabilidade pode transformar uma profissão gratificante em uma fonte de doenças ocupacionais e conflitos pessoais.

Nos últimos anos, a vida dos contadores foi ainda mais impactada por uma série de leis e normas que exigiram um esforço significativo para serem implementadas. Em média, mais de 150 novas legislações e regulamentações contábeis são alteradas ou introduzidas anualmente no Brasil, afetando diretamente a rotina e as práticas dos profissionais da área. Uma dessas mudanças foi o Sistema Público de Escrituração Digital (SPED), que transformou a maneira como as empresas e contadores lidam com a escrituração contábil e fiscal. O SPED trouxe uma nova era de digitalização e transparência, mas também aumentou a complexidade e a carga de trabalho para os profissionais da área.

Outras legislações, como a Lei da Transparência Fiscal e a adoção das Normas Internacionais de Contabilidade (IFRS), também exigiram adaptação rápida e constante atualização dos contadores. Essas mudanças, embora necessárias para a modernização e integridade dos processos contábeis, adicionaram uma camada extra de pressão e responsabilidade.

Além disso, a iminente reforma tributária no Brasil tem sido uma grande preocupação para os contadores. As propostas de reforma prometem simplificar o sistema tributário, mas também trazem incertezas e a necessidade de adaptação a novas regras e procedimentos. Os contadores se encontram em um estado de alerta constante, preparando-se para as possíveis mudanças que podem impactar significativamente suas práticas diárias e a gestão fiscal das empresas.

Vamos explorar as principais doenças que afetam os profissionais de contabilidade, entender suas causas, sintomas e, mais importante, discutir as opções de tratamento e prevenção, além do impacto que elas têm na vida pessoal e familiar dos contadores.

Doenças Físicas

  1. Síndrome do Túnel do Carpo

A síndrome do túnel do carpo é comum entre contadores devido às longas horas de trabalho no computador. Ela ocorre quando o nervo mediano, que passa pelo pulso, é comprimido.

  • Sintomas: Dormência, formigamento, fraqueza e dor na mão e no pulso, que podem se estender para o braço.
  • Tratamento: Inclui o uso de órteses para o pulso, fisioterapia, medicamentos anti-inflamatórios e, em casos graves, cirurgia.
  1. Lesões por Esforço Repetitivo (LER)

LER refere-se a diversas condições resultantes do uso repetitivo de determinados músculos e tendões.

  • Sintomas: Dor, inchaço, rigidez e fraqueza nos músculos afetados.
  • Tratamento: Fisioterapia, repouso, aplicação de gelo, uso de anti-inflamatórios e ergonomia no local de trabalho.
  1. Problemas na Coluna Vertebral

Contadores frequentemente passam longos períodos sentados, o que pode levar a problemas na coluna, como hérnia de disco e dores lombares.

  • Sintomas: Dor nas costas, dificuldade de movimento e, em casos severos, dor irradiada para as pernas.
  • Tratamento: Fisioterapia, exercícios de fortalecimento, prática de postura correta, uso de cadeiras ergonômicas e, em alguns casos, cirurgia.

Doenças Psicossociais

  1. Estresse e Ansiedade

A pressão para cumprir prazos e a responsabilidade de lidar com informações financeiras cruciais podem gerar altos níveis de estresse e ansiedade entre os contadores.

  • Sintomas: Nervosismo, inquietação, cansaço, dificuldade de concentração e problemas de sono.
  • Tratamento: Técnicas de relaxamento, terapia cognitivo-comportamental (TCC), meditação, exercícios físicos regulares e, se necessário, medicamentos ansiolíticos.
  1. Burnout

O burnout é um estado de exaustão física e mental causado pelo estresse crônico no trabalho.

  • Sintomas: Exaustão, cinismo em relação ao trabalho, diminuição da eficácia profissional.
  • Tratamento: Descanso adequado, terapia, ajustes no ambiente de trabalho para reduzir o estresse, práticas de mindfulness e apoio psicológico.
  1. Depressão

A pressão e a carga de trabalho podem levar a quadros depressivos, caracterizados por tristeza persistente e perda de interesse nas atividades diárias.

  • Sintomas: Sentimentos de tristeza profunda, perda de interesse em atividades anteriormente prazerosas, alterações no apetite e no sono, dificuldade de concentração.
  • Tratamento: Terapia psicológica, medicamentos antidepressivos, suporte social e atividades físicas.

Para Coversas e Apoio Imediato

Centro de Valorização da Vida (CVV)

  • Telefone: 188 (ligação gratuita 24 horas por dia)
  • Site: cvv.org.br
  • Atendimento: Chat online, e-mail, telefone e postos de atendimento presencial
  • Não deixe de entrar em contato se Precisar

"Manter uma vida saudável é essencial para garantir não apenas a longevidade, mas também a qualidade de vida, permitindo que possamos enfrentar os desafios diários com vigor e equilíbrio, cultivando bem-estar físico, mental e emocional."

Impacto na Vida Pessoal

A pressão e as doenças ocupacionais afetam não apenas a saúde dos contadores, mas também suas relações familiares e sociais, criando um ciclo de dor e estresse que pode parecer impossível de quebrar.

  1. Relações Familiares

  • Tempo e Disponibilidade: Longas horas de trabalho podem afastar os contadores de seus entes queridos, criando um abismo emocional.
  • Estresse e Irritabilidade: O estresse no trabalho pode resultar em irritabilidade em casa, prejudicando a harmonia familiar.
  • Apoio e Compreensão: Muitas vezes, a família pode não compreender a magnitude das pressões enfrentadas, levando a sentimentos de isolamento.
  1. Vida Social

  • Redução do Tempo Social: A carga de trabalho intensa limita o tempo para interações sociais, levando ao afastamento de amigos.
  • Fadiga e Exaustão: A exaustão pode resultar na perda de interesse em atividades sociais, isolando ainda mais o contador.
  • Impacto na Saúde Mental: O isolamento social pode agravar problemas de saúde mental, criando um ciclo vicioso difícil de quebrar.

Prevenção e Bem-Estar

Para mitigar os riscos associados a essas doenças e seus impactos pessoais, é fundamental adotar medidas preventivas e práticas de bem-estar. Aqui estão algumas recomendações:

  1. Ergonomia no Trabalho

  • Adotar uma postura correta.
  • Utilizar cadeiras ergonômicas.
  • Ajustar a altura da mesa e do monitor.
  1. Pausas Regulares

  • Fazer pausas frequentes para se levantar, alongar e caminhar.
  • Implementar a técnica Pomodoro, que consiste em trabalhar por 25 minutos e fazer uma pausa de 5 minutos.
  1. Atividade Física

  • Praticar exercícios regularmente para fortalecer os músculos e aliviar o estresse.
  • Atividades como yoga e pilates podem ajudar a melhorar a postura e a flexibilidade.
  1. Apoio Psicológico

  • Buscar apoio psicológico ou terapia para lidar com o estresse e a ansiedade.
  • Participar de grupos de apoio ou workshops sobre gerenciamento de estresse.
  1. Mindfulness e Meditação

  • Praticar técnicas de mindfulness e meditação para reduzir o estresse e aumentar a concentração e a clareza mental.
  1. Equilíbrio Trabalho-Vida

  • Estabelecer limites claros entre o trabalho e a vida pessoal.
  • Dedicar tempo de qualidade à família e amigos.
  • Buscar hobbies e atividades que proporcionem relaxamento e satisfação pessoal.

 

A profissão de contabilidade, embora essencial e gratificante, apresenta desafios significativos que podem impactar a saúde física e mental dos profissionais e suas vidas pessoais. Reconhecer esses desafios e adotar medidas preventivas e de tratamento é crucial para garantir uma carreira longa e saudável e manter relacionamentos pessoais saudáveis e satisfatórios.

No Jornal Contábil, nosso compromisso é fornecer informações não apenas sobre as técnicas e atualizações da área contábil, mas também sobre a importância do bem-estar dos profissionais. Acreditamos que um contador saudável e equilibrado é a base de uma contabilidade eficiente e precisa.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Saúde do Contador
Sobre o blog/coluna
No blog "Saúde do Contador" do Jornal Contábil, exploramos como os profissionais contábeis podem cuidar melhor de sua saúde física e mental. Abordamos práticas simples, como exercícios de relaxamento para lidar com o estresse do dia a dia, dicas de ergonomia para evitar problemas posturais comuns e a importância de pausas regulares durante o trabalho. Além disso, discutimos a importância de uma alimentação balanceada e hábitos saudáveis para melhorar o desempenho no trabalho e a qualidade de vida geral. Junte-se a nós enquanto exploramos maneiras de garantir que os contadores possam alcançar seu potencial máximo, mantendo um equilíbrio saudável entre trabalho e bem-estar pessoal.
Ver notícias
Uberlândia, MG
22°
Tempo limpo

Mín. 17° Máx. 30°

21° Sensação
2.57km/h Vento
43% Umidade
0% (0mm) Chance de chuva
06h46 Nascer do sol
05h50 Pôr do sol
Dom 28° 15°
Seg 29° 16°
Ter 29° 16°
Qua 30° 16°
Qui ° °
Atualizado às 23h06
Publicidade
Publicidade
Economia
Dólar
R$ 5,43 +0,00%
Euro
R$ 5,93 +0,00%
Peso Argentino
R$ 0,01 +0,05%
Bitcoin
R$ 333,490,26 +0,61%
Ibovespa
128,896,98 pts 0.47%
Publicidade
Publicidade