Nova CNH: quando terei de trocar meu documento antigo pelo novo?

Desde 1° de junho começaram a ser emitidas as novas carteiras. Conheça o que vai mudar

O novo formato da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) entrou em vigor desde o dia 1º de junho. Com o novo documento, algumas dúvidas surgiram por parte dos motoristas.

Dentre essas dúvidas, os motoristas buscam entender como será o processo de troca do documento antigo para o novo formato. Então, confira a seguir como funcionará a troca de documentos e quais são as mudanças trazidas pelo novo modelo da CNH.

Vou precisar trocar a minha CNH?

É importante lembrar que não será preciso trocar a sua Carteira de Motorista caso esteja em dia. O Contran (Conselho Nacional de Trânsito) determinou por meio de uma resolução que a troca do documento será de forma gradual.

Sendo assim, quem possui o modelo anterior da carteira poderá utilizá-lo até o fim da sua validade, para então receber o novo documento. A emissão da nova CNH será concedida inicialmente para:

  • Aqueles que estão tirando a 1ª via do documento;
  • Aqueles que estão renovando a habilitação;
  • Aqueles que estão tirando a 2ª via do documento.

O que mudou na nova carteira de motorista?

Dessa forma, as mudanças na nova CNH foram feitas para se adequarem ao modelo internacional, junto com novos itens de segurança, além de uma renovação no seu visual.

Itens de segurança 

  • Holograma de identificação;
  • Tinta fluorescente que brilha no escuro;
  • Itens de segurança visíveis somente com luz ultravioleta.

Reformulação do documento

  • Código MRZ utilizado em passaportes, permitindo o uso da habilitação em outros países;
  • Os motoristas poderão usar o nome social e filiação afetiva;
  • Tabela no verso do documento indicando quais veículos o motorista poderá guiar;
  • No documento terá a letra “P” indicando Permissão para dirigir e letra “D” indicando a CNH definitiva;
  • A assinatura do condutor abaixo da foto.

Comentários estão fechados.