Nova linha de capital de giro da Caixa pode liberar até R$ 50 mil para o MEI

0

A Caixa Econômica Federal está trazendo uma nova linha de capital de giro destinada ás micro e pequenas empresas, que pode inclusive benefício o Microempreendedor Individual MEI.

A opção é possível via maquininha de cartão e pode oferecer um crédito de até R$ 50 mil conforme a base no histórico de recebimento dos lojistas.

PEAC das Maquininhas

A nova linha, chamada de PEAC Maquininhas é uma possibilidade de disponibilizar empréstimos para ajudar os pequenos empresários durante o surto de Covid-19 no país. O orçamento do projeto é de R$ 10 bilhões e é também mais uma das medidas instituídas pelo governo federal com objetivo de enfrentar a crise econômica do país.

De acordo com informações da Caixa Econômica Federal, o valor

Os valores a serem liberados podem ser de até duas vezes a média mensal dos recebíveis na maquinha, é o que informa a Caixa Econômica Federal. Contudo vale lembrar que o limite para empréstimo é em R$ 50 mil, então, mesmo que uma empresa fatura R$ 30 mil mensal e possa ter possibilidade de dobrar o valor, o limite se manterá em R$ 50 mil.

Os pagamentos a serem considerados, são os pagamentos realizados entre 1º de março de 2019 a 30 de fevereiro de 2020, com cartões de crédito, cartões de débito e pré-pagos.

Condições para o empréstimo

O valor máximo do crédito será o dobro da média mensal de recebíveis nas maquininhas de cartão no período de 1º de março de 2019 a 29 de fevereiro de 2020 – excluindo os meses em que o valor for zero –, e não poderá passar de R$ 50 mil. 

Ou seja, se a pessoa jurídica recebeu R$ 10 mil em média nas maquininhas de cartão neste período, o valor máximo que ela poderá tomar de crédito será R$ 20 mil.

As condições são:

  • Taxa de juros de até 6% ao ano sobre o valor do crédito, cobrada mensalmente;
  • Carência de 6 meses para o início do pagamento, com cobrança de juros neste período;
  • Prazo de 36 meses para o pagamento, incluindo o prazo de carência – quem começa a pagar o empréstimo depois de 6 meses, por exemplo, terá 30 meses para pagar.

Ao contratar o crédito no âmbito do Peac-Maquininhas, a pessoa jurídica terá de ceder, à instituição financeira que fez o empréstimo, 8% do valor das vendas realizadas nas maquininhas como forma de pagamento da dívida – depois do período de carência. Por isso o apelido “empréstimo via maquininha”.

Mas, atenção: caso o valor dos recebíveis não seja suficiente para quitar cada parcela do empréstimo até a data de vencimento, a instituição financeira poderá fazer o débito do valor restante diretamente da conta da contratante.

Contratação do empréstimo

Os interessados na nova modalidade de crédito da PEAC Maquininhas devem solicitar o serviço por meio do site da Caixa Econômica Federal e no final da página selecionar a opção “Quero contratar” com isso, basta preencher as informações solicitadas pelo site.

Por fim a instituição entrará em contato com o empresário para que seja possível dar continuidade a solicitação, caso a empresa seja considerada apta para a contratação do empréstimo.