Novo salário-mínimo para 2023, 2024 e 2025 é divulgado pelo governo

O novo reajuste do salário mínimo para 2023 consta no projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias enviado ao Congresso

O Governo Federal enviou ao Congresso Nacional o Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (PLDO) para 2023. O documento traz diversas mudanças, dentre elas o reajuste do salário-mínimo para o ano que vem, que poderá saltar dos atuais R$ 1.212 para R$ 1.294.

O novo salário mínimo para 2023 possui valor R$ 82 maior que o atual piso nacional, o que representa um reajuste de 6,70%, conforme prevê o Ministério da Economia com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

O INPC é o índice utilizado pelo governo para medir os avanços da inflação, e serve como referência para o cálculo de reajuste do salário-mínimo.

Novo salário-mínimo

É válido esclarecer que o valor previsto no PLDO não é definitivo, pois leva com base as previsões do governo frente aos atuais avanços dos primeiros meses de 2022.

Todavia, poderemos ter novas altas além do esperado, logo, com altas acima das previstas o salário-mínimo para 2023 pode passar por outro reajuste além desta primeira previsão.

Outro ponto de destaque é que o governo federal também propôs o salário-mínimo para os próximos três anos, ficando da seguinte forma:

  • 2023: salário mínimo de R$ 1.294;
  • 2024: salário mínimo de R$ 1.337;
  • 2025: salário mínimo de R$ 1.378.

Segundo dados do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), o salário-mínimo serve com referência para cerca de 56,7 milhões de pessoas em todo o território nacional, onde, 24,2 milhões são de segurados do INSS que recebem benefícios com valor de um salário mínimo.

Salário-mínimo dos últimos 10 anos

Confira a seguir o reajuste do salário-mínimo dos últimos 10 anos, assim como as previsões para 2023, 2024 e 2025.

AnoSalário MínimoPercentual de reajuste
2025R$ 1.378,00
2024R$ 1.337,00
2023R$ 1.294,006,70%
2022R$ 1.212,0010,18%
2021R$ 1.100,005,26% 
2020R$ 1.045,000,58%
2020R$ 1.039,004,1%
2019R$ 998,004,61%
2018R$ 954,001,81%
2017R$ 937,006,47%
2016R$ 880,0011,67%
2015R$ 788,008,80%
2014R$ 724,006,78%
2013R$ 678,009,00%
2012R$ 622,0014,13%

Comentários estão fechados.