Novo saque do FGTS vai funcionar como o Auxílio Emergencial, veja

0

Caixa Econômica Federal explicou como vai ser feito o saque emergencial do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Quem tem direito ao valor terá que aguardar para poder fazer o saque em espécie. Faltando 4 (quatro) dias para liberação dos valores, o calendário ainda não foi divulgado.

Inicialmente, o valor só poderá ser usado em compras com o cartão de débito virtual ou para pagamentos de contas e boletos. Será usado o mesmo modelo que foi criado para o saque do auxílio emergencial de R$ 600.

Por medida provisória, o saque do FGTS foi liberado em abril e começará a ser pago dia 15 de junho. Os pagamentos serão de até R$ 1.045, valor do salário mínimo, e seguem até dia 31 de dezembro. Também é possível cancelar a transferência ou aguardar o prazo chegar ao fim para o dinheiro voltar automaticamente para a conta.

Adotar modelo igual ao do Auxílio Emergencial foi a escolha para evitar filas e aglomerações em agências bancárias. O cronograma completo para os saques do FGTS devem ser anunciados semana que vem.

Assim como ocorreu com o auxílio de R$ 600, o calendário do saque do FGTS será feito a partir do mês de nascimento do trabalhador. Todos que têm conta no FGTS, seja ela ativa ou inativa, terão direito ao saque emergencial.

Calendário de saques do FGTS de até R$1.045

O cronograma com datas de saques do FGTS também vai ter como referência o mês de nascimento do trabalhador. A expectativa é que se tenha um espaçamento maior no cronograma dos repasses.

Com informações Notícias Concursos