Novo valor do Bolsa Família para 2021 poderá ser de R$ 200

0

O Bolsa Família está sendo destaque nos veículos de comunicação e também para os inscritos no programa. Semana que vem 2021 estará chegando com novas esperanças e uma vontade enorme de vencer o novo coronavírus.

Mas, 2021 também será um ano em que, pelo que parece, não haverá o auxílio emergencial, o que afetará milhares pessoas que passaram a depender do benefício no período de pandemia.

bolsa familia

Sem o auxílio emergencial as pessoas que precisam não sabem onde recorrer e ter uma ajuda. É nessa hora que o Bolsa Família volta a ter destaque, e o que motivou essa atenção toda, foi o fato do governo declarar que pretende ampliar o programa social além de liberar um valor maior do que o atual pago pelo Bolsa Família.

Novo valor

A intenção é aumentar o valor do Bolsa Família para R$ 200 após terminar os pagamentos do auxílio emergencial. Outro estudo do governo é a possibilidade de incluir mais 300 mil famílias no programa de transferência de renda.

Entretanto, essas duas medidas só poderão se realizar se o governo fizer corte de gastos no Orçamento. O Bolsa Família já recebeu um aumento de 18% comparado a 2019.

Com o valor extra, o Ministério da Cidadania irá decidir como usar, tendo em vista duas opções:

ampliar o número de famílias contempladas
aumentar o valor pago atualmente.

O Governo Federal está com interesse de incluir outros benefícios dentro do Bolsa Família

Auxílio-creche mensal de R$ 52 por criança;
Prêmio anual de R$ 200 para os alunos com os melhores desempenhos;
Bolsa mensal de R$ 100, além de prêmio anual de R$ 1.000, para estudantes que se destacaram em ciência e tecnologia;
Bolsa mensal de R$ 100, além de prêmio anual de R$ 1.000, para alunos que obtiverem os melhores desempenhos em atividades desportivas;
Auxílio-creche no valor de R$ 200 para as mães inscritas no Bolsa Família.

Edição por Jorge Roberto Wrigt Cunha – jornalista do Jornal Contábil