O auxílio-doença é contabilizado na aposentadoria especial?

0

O STF reafirmou uma importante decisão do STJ que vai ajudar muitos segurados que atuam ou já atuaram em atividades especiais.

Confira este post e entenda como essa decisão pode impactar na sua aposentadoria.

O auxílio-doença é um benefício concedido aos segurados que por motivo de doença ou acidente ficam incapacitados para o trabalho.

Este benefício é temporário, ou seja, concedido apenas enquanto dura a incapacidade do segurado.

Existem dois tipos de auxílio-doença, o acidentário, no qual a doença ou acidente decorre do trabalho exercido pelo segurado e o previdenciário, no qual a incapacidade foi resultado de uma doença ou acidente sem relação alguma com o trabalho exercido pelo segurado.

Este artigo se refere às pessoas que já receberam o auxílio-doença enquanto atuavam em atividade especial, ou seja, insalubre ou perigosa.

Para essas pessoas, INSS considera como tempo de contribuição para fins de aposentadoria o auxílio-doença acidentário, ou seja, quando o afastamento tem ligação com acidente ou doença do trabalho.

No entanto, não admite que o auxílio-doença previdenciário seja contabilizado como tempo de contribuição.

Na prática, o que isso quer dizer?

Isso significa que para o INSS o tempo que você passou recebendo auxílio-doença acidentário, mesmo sem trabalhar, será considerado na sua aposentadoria.

Já o tempo no qual você recebeu auxílio-doença previdenciário não será contabilizado para sua aposentadoria.

Imagine uma pessoa que atua em atividade especial e ficou afastada recebendo o auxílio-doença previdenciário por 9 meses.

Esses nove meses o INSS não conta na hora de conceder a aposentadoria.

A Decisão do STF, confirmado uma decisão anterior do STJ, impõe justiça e determina que o período no qual o segurado recebe o auxílio-doença previdenciário ou acidentário devem ser contabilizados para fins de Aposentadoria Especial.

Essa notícia é excelente para quem ainda não se aposentou pois terá um tempo a mais na sua aposentadoria.

Os segurados que já estão aposentados, poderão pedir a revisão do benefício para inclusão desse período, caso seja uma vantagem.

Não abra mão dos seus direitos antes de conhecê-los, CLIQUE AQUI e solicite um atendimento com a nossa equipe especialista em causas previdenciárias.

Por: Laura Fernandes, OAB/MG 172.171.

Fonte: Aposentadoria do INSS

Dica Extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social. 

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. 

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.