A dúvida se MEI precisa de contador é bastante comum. Apesar de ser um programa bastante simplificado de formalização e arrecadação de impostos, o MEI possui algumas regras que podem deixar os microempreendedores autônomos um pouco perdidos.

Segundo o Portal do Empreendedor, em novembro de 2019 foram registrados mais de 9,3 milhões de optantes pelo MEI no país todo. Já no mesmo mês de 2014, o número de microempreendedores individuais alcançava somente os 4,6 milhões. A tendência ao crescimento do programa tem sido, nota-se, bem expressiva nos últimos anos, e isso deve-se ao caminho simples que proporciona: com menos custos e sem burocracias para a formalização de atividades.

Porém, o que pouca gente sabe é se existe mesmo a necessidade de contratar um contador para os negócios, e o MEI não fica de fora desta questão. Mas será que toda empresa precisa desse profissional para cuidar da sua contabilidade?

Neste artigo, vamos responder essa pergunta e descobrir se realmente uma empresa MEI precisa de contador para as suas atividades contábeis. Continue lendo para saber mais!

Afinal, MEI precisa de contador?

Que o contador é importante, você já sabe. Mas ainda não te respondemos se o MEI precisa de contador mesmo. Contar com os serviços desse profissional é uma obrigação para qualquer empresa, exceto para o MEI.

Uma das facilidades do microempreendedor individual é esta: ele não tem obrigação de contratar um contador ou escritório de contabilidade. Além disso, a microempresa está dispensada da contabilidade formal por meio da escrituração dos livros Diário e Razão. Essa questão está prevista na Lei Complementar nº 128/2008, que cria a figura do MEI.

Para o microempreendedor individual, as atividades contábeis se resumem à formalização do negócio, ao pagamento mensal do DAS (com uma taxa única que engloba todas as suas obrigações tributárias) e a declaração anual simplificada do seu faturamento. Essas atividades podem ser feitas por conta própria pelo MEI no Portal do Empreendedor.

Porém, o mundo empresarial é uma novidade para muitos empreendedores, que ficam cheios de dúvidas na hora de se formalizar, gerar notas fiscais e cumprir suas obrigações. Por isso, a presença de um contador pode ser essencial para eles.

Então, empresa MEI precisa de contador? Não. Mas esse profissional ajuda a organizar o negócio, o controle das receitas e manter as contas em dia, além de auxiliar em pedidos de empréstimo, quando são necessários.

Um breve detalhe é que durante a inscrição no programa e na primeira declaração anual simplificada, o MEI também poderá ser um potencial cliente dos contadores e escritórios de contabilidade. Este vínculo é importante porque se houver necessidade de uma assessoria, ou mesmo se sua empresa crescer a ponto de se tornar micro ou pequena empresa, você precisará de um contador ao seu lado.

MEI

Vantagens de ter um contador em sua empresa

Agora que você já sabe se MEI precisa de contador, vamos entender melhor quais as vantagens de contar com esse profissional nas empresas.

Contador é o profissional com diploma em nível superior no curso de Contabilidade (ou Ciências Contábeis). Para exercer sua profissão, deve ter registro no CRC (Conselho Regional de Contabilidade) do seu estado.

Com essa formação e registro, o profissional estará habilitado a auxiliar as empresas tanto na sua gestão contábil quanto na responsabilidade de envio das informações à Receita Federal.

O contador pode atuar nas áreas contábil, financeira, econômica, trabalhista e patrimonial de uma empresa, seja ele empregado ou autônomo. Além disso, pode executar as atividades da contabilidade financeira, voltada para agentes externos ou da contabilidade gerencial, focada em objetivos internos.

Principais atividades desse profissional

  • Formalizar a empresa;
  • Enviar demonstrações contábeis (fluxo de caixa, balanço patrimonial etc.);
  • Gerar relatórios financeiros e gerenciais;
  • Apurar e declarar o recolhimento de impostos;
  • Realizar o planejamento tributário do negócio;
  • Calcular a folha de pagamento e demais obrigações trabalhistas.

As principais obrigações contábeis que o contador deve assumir — e cujas informações são sua responsabilidade — são o Demonstrativo de Fluxo de Caixa, o Demonstrativo de Resultados do Exercício e o Balanço Patrimonial. Ademais, essas declarações devem ser enviadas ao Fisco anualmente para verificar a regularidade do negócio.

Já percebe a importância deste profissional? A contabilidade pode ser uma área complexa, mas é muito importante para a saúde do negócio: é essencial ter um contador ao seu lado. Ele garante que a empresa atue dentro da lei, que cumpra todas as suas obrigações e que preste informações corretas às autoridades. E, além de tudo, ajuda o negócio a se organizar e planejar financeiramente.

Qualquer problema pode gerar multas ou até inviabilizar a continuidade da empresa. Portanto, independente de se MEI precisa de contador ou não, fazer tudo isso sozinho pode ser um risco para o negócio

DICA EXTRA: O primeiro passo para contadores

Atenção você contador ou estudante de contabilidade, o trabalho para seguir com sucesso na carreira profissional é árduo, inúmeros são os desafios que vamos precisar superar nessa jornada. Mas tenha em mente que o conhecimento é o maior bem que você pode ter para conseguir conquistar qualquer que seja os seus objetivos. Exatamente por isso apresentamos para você o curso CONTADOR PROFISSIONAL NA PRÁTICA, o curso é sem enrolação, totalmente prático, você vai aprender todos os processos que um contador experiente precisa saber.

Aprenda como abrir, alterar e encerrar empresas, além da parte fiscal de empresas do Simples Nacional, Lucro Presumido e MEIs. Tenha todo o conhecimento sobre Contabilidade, Imposto de Renda e muito mais. Está é uma ótima opção para quem deseja ter todo o conhecimento que um bom contador precisa ter, quer saber mais? Então clique aqui e não perca esta oportunidade que com certeza vai impulsionar sua carreira profissional!

Conteúdo original Contabilivre