O contador não tem culpa da alta carga tributária e da burocracia no Brasil

Na região da América Latina e Caribe, o Brasil é o país que apresenta a maior carga tributária. Um estudo da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico) mostrou que, aqui no Brasil, paga-se o proporcional a 33,4% da economia em tributos.

Segundo a revista Exame, novas pesquisas indicam que o brasileiro sente que sua carga tributária é alta demais. Por exemplo, no ano de 2014, gastamos aproximadamente um terço do PIB30 (Produto Interno Bruno) no pagamento de contribuições e tributos em geral.

Se não fosse suficiente, ainda vivemos em um momento de crise onde a competitividade está mais acirrada do que nunca. E além da dificuldade financeira e alta carga tributária, o Fisco muda continuamente as regras e demanda que as empresas se adaptem continuamente, e tudo isso sem diminuir a qualidade ou ameaçar a continuidade do empreendimento.

 

Dinamismo do mundo Fiscal

O Governo está sempre modificando as regras tributárias e criando novas obrigações. Neste contexto, como ficam os profissionais do setor? É imprescindível manter-se atualizado para manter um nível ótimo na prestação de seus serviços. Em ambientes como no brasileiro, é comum encontrar profissionais que não acompanham o ritmo das mudanças, ou seja, a qualificação deve ser permanente.

Atualização diária, participação em cursos, congressos, conferências e palestras, entre outros eventos e oportunidade de capacitação não deve ser encarado como custo. É desse tipo de iniciativa que depende a continuidade das operações de um profissional autônomo, de escritórios de contabilidade e, inclusive, de soluções de contabilidade online.

Tem gente que acaba achando que a culpa é do contador, mas a burocracia é uma imposição do Estado, não do profissional. Se você acha que o contador complica sua vida, pode começar a pensar o contrário. Se ele solicita algo, é porque isso é importante. O contador é um recurso estratégico para o crescimento corporativo e manutenção das atividades.

 

Gestão de Carga Tributária e o papel do Contador

O contador contribuir para ajudar a calcular riscos e para buscar saídas para que as empresas gastem menos. Tem um papel decisivo na criação de estratégias e desenvolvimento de soluções que buscam corta custos e despesas desnecessárias. Quando trabalha com a colaboração da organização, um contador pode identificar:

  • Pontos fortes e fracos de uma organização;
  • Meios legais disponíveis para reduzir a carga tributária, ao indicar o melhor regime tributário para cada empresa, sempre de acordo com suas características particulares;
  • Áreas que carecem de cortes e setores que demandam mais investimentos.

Além de contribuir para economia de recursos, um contador consegue ajudar o desenvolvimento da sua instituição. Ou seja, a gestão tributária é um dos principais aspectos que condicionam o êxito de empreendedores de vários portes.

Ter o suporte de um contador e de uma estrutura contábil organizada e eficaz é um diferencial para companhias de qualquer tipo ou ramo de atuação. Principalmente nos empreendimentos de menor tamanho (onde muitas vezes alguém não capacitado está à frente da contabilidade), é fundamental mudar a postura e começar a buscar assessoria profissional.

Via euContador

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.