O futuro da indústria de TI e o que esperar em 2022?

Neste artigo queremos dar uma olhada nas últimas tendências tecnológicas e também tentar prever como elas continuarão em 2022.

Nos dias modernos, as tecnologias da internet estão mudando mais rápido do que podemos notar. Por exemplo, o primeiro iPhone foi apresentado em 29 de junho de 2007 e naquele momento ele era um verdadeiro e inacreditável avanço tecnológico. Agora, o mesmo dispositivo parece completamente arcaico e nada funcional.

Outro exemplo! A Netflix só começou a produzir seus próprios filmes e séries em 2013. Hoje é o maior serviço de streaming do mundo, com o seu aplicativo instalado em quase todas as Smart TVs.

As novas tecnologias e tendências estão substituindo umas às outras na velocidade da luz e a pandemia que estamos vivendo apenas acelerou ainda mais esse progresso tecnológico. Em algumas áreas, as mudanças são mesmo verdadeiramente colossais.

Neste artigo queremos dar uma olhada nas últimas tendências tecnológicas e também tentar prever como elas continuarão em 2022.

Maiores tendências tecnológicas para 2022

Então, vamos dar uma olhada nas tendências atuais da tecnologia de TI e suas perspectivas para um futuro próximo.

1. Implementação ativa e uso de inteligência artificial

Há pouco tempo atrás, a utilização de inteligência artificial na vida humana parecia algo do campo da ficção científica. Hoje, isso se tornou parte integrante do nosso cotidiano em várias áreas.

●     Produção: a implementação da IA na operação de linhas de máquinas, a automação dos processos produtivos e a redução do fator humano.

●     Esfera financeira: uso de inteligência artificial no desenvolvimento de aplicações comerciais, automação e execução de operações de TI.

●     Medicina: análise de dados médicos complexos, diagnóstico e tratamento de doenças. Hoje, as maiores corporações estão canalizando enormes orçamentos para o desenvolvimento de tecnologias de informação para medicina. Entre elas estão IBM, Microsoft, Google, Intel e Medtronic.

●     Educação: aprendizagem de idiomas estrangeiros usando IA (por exemplo, o aplicativo Parla), bem como a formação de planos educacionais individuais para cada aluno. O progresso nesta área ainda é curto, mas existe grande potencial de crescimento.

Mesmo na indústria de relacionamentos e namoro, a inteligência artificial é ótima quando usada no processo de analisar contas de usuários e compará-las com os outros perfis para encontrar boas combinações. O serviço Match estava fazendo algo semelhante em 1995, mas agora, com tecnologia, tudo atingiu um nível mais elevado

2. Virtualização e digitalização de escritórios e espaços de trabalho

A pandemia provou que os funcionários não precisam estar fisicamente no escritório para trabalhar de forma eficiente e integral com seus colegas, gerentes ou clientes. A tecnologia moderna permite que você execute todas as tarefas de trabalho em casa e as ferramentas de virtualização e digitalização continuam expandindo essas possibilidades todos os dias.

Por exemplo, a fabricante de equipamentos de telecomunicações Ericsson já está treinando futuros funcionários usando óculos de realidade virtual. O primeiro “curso” mostrou que a experiência é um sucesso, com os professores, localizados em Tallinn a ensinarem os alunos, em Dallas, a 8.000 quilômetros de distância.

3. Realidade aumentada em redes sociais e projetos comerciais

Você se lembra de como há alguns anos o mundo inteiro ficou louco com o jogo de realidade aumentada Pokemon Go? Este foi apenas o início da introdução da realidade aumentada em smartphones que, depois, aconteceu também nas redes sociais.

Hoje em dia o uso de máscaras e filtros no Instagram ou Snapchat é completamente comum. Eles são usados para mais do que apenas entretenimento e auto-expressão. Muitas marcas usam máscaras RA como parte de suas campanhas publicitárias.

Isso também inclui o uso de RA por várias plataformas comerciais. Por exemplo, em junho de 2020, a Gucci adicionou a funcionalidade para adicionar um tênis virtual ao seu aplicativo. O programa lê diferentes partes do corpo da pessoa e literalmente “veste” a pessoa com o par de sapatos escolhidos. Uma funcionalidade semelhante foi adicionada pela L’Oreal. É verdade que, nesses casos, a tecnologia foi usada para atrair a atenção e aumentar o interesse dos seus produtos, mas a IKEA tem usado efetivamente a realidade aumentada em sua aplicação há vários anos. O usuário pode escolher um certo tipo de mobília e literalmente colocá-la em seu quarto, vendo na tela do telefone como os móveis se encaixam no interior, qual cor combina melhor com seus móveis atuais, etc. É incrível

4. Streamings interativos e bate-papos por vídeo  

Se há dez ou quinze anos atrás, a internet rápida e ilimitada era uma realidade apenas em cidades grandes de países desenvolvidos, hoje ela está em quase todos os lugares. E, agora, com as redes 4G e 5G, fios e modems são coisas do passado.

Não surpreende por isso que o streaming e a transmissão de vídeo em várias formas se tenham tornado tão populares. Este formato é ideal para aquisição rápida de informação, comunicação e conhecer novas pessoas. Existem vários formatos interativos de streaming:

●     Streaming de internet de coisas. Estes são todos os tipos de monitores de bebê, câmeras para cuidar de animais de estimação e afins.

●     Streamings dedicados a eventos específicos. Por exemplo, a SpaceX, empresa de Elon Musk, transmite quase todos os lançamentos de seus foguetes e todos podem assistir a esses acontecimentos em tempo real.

●     Transmissão de gaming. Este fenômeno está longe de ser novo, mas ainda está se desenvolvendo rapidamente na maioria dos países.

●     Redes sociais. Provavelmente, quase todos os usuários do Instagram tentaram, pelo menos uma vez na vida, lançar sua própria transmissão de vídeo. Outras redes sociais também estão desenvolvendo esse tipo de recurso. O Facebook e o YouTube têm suportado as transmissões de vídeo há anos e até mesmo alguns random chats por vídeo liberaram esse recurso. Por exemplo, o recurso para conversar com pessoas desconhecidas do Bazoocam. 

Muitas pessoas pensam que streaming e bate-papos aleatórios são idênticos, mas isso não é verdade. Um streaming é uma transmissão de vídeo à qual outros usuários se conectam, mas não podem interagir totalmente com o streamer. Chatrandom tem um formato de comunicação diferente. Você se comunicar com uma nova pessoa cara a cara através da conexão por vídeo e ambos podem falar, olhar o outro, etc, tudo em pé de igualdade. Todos os populares random video chats funcionam com esse princípio: Omegle, CooMeet, Chatrandom, OmeTV e outros.

5. Rápido desenvolvimento de tecnologias cloud

Os especialistas acreditam que,até o final de 2021, o mercado global de infraestrutura em clouds públicas aumentará 35% e chegará a cerca de US $120 bilhões. Esse valor será maior em 2022.

Empresas e negócios já estão usando tecnologias e computação em cloud para otimização do fluxo de trabalho. Nos Estados Unidos, grandes corporações de TI aumentaram drasticamente seus lucros este ano, expandindo sua infraestrutura em cloud. Assim, a Microsoft Azure teve um aumento de 47% e a Google Cloud de 43%. Isso provavelmente é apenas o começo.

Esse é um grande negócio! Usuários comuns também estão usando cada vez mais tecnologias cloud, como por exemplo o iCloud da Apple, o Google Drive, o DropBox e muitos outros. Adicione a tudo isso a indústria de jogos em cloud, que está apenas no seu início. Porém, já existem alguns projetos se dedicando a isso, como a GeForce NOW, PLAYKEY, PS Now, Google Stadia e outros. 

6. Aumento da demanda por soluções técnicas e de software

O motivo principal para este aumento foi a transição para um formato de trabalho e estudo remoto. Se antes, um empregador ou uma escola/universidade fornecia no seu próprio espaço tudo o que um trabalhador ou estudante precisava, agora ele tem que equipar espaços independentes. A demanda por computadores, laptops, equipamentos de rede, entre outros equipamentos, além de vários softwares profissionais, como pacotes de escritório, editores 3D, entre outros, cresceu muito. A situação com o software está vendo uma evolução bastante normal, mas com o hardware ela é mais complicada. Devido à pandemia do coronavírus, muitas indústrias pararam ou pelo menos atrasaram sua produção. Em 2022, a escassez de muitos componentes provavelmente ainda será realidade.

7. Blockchain e a expansão de oportunidades para o uso de criptomoedas

Muitos dos nossos leitores provavelmente já ouviram dizer que, em setembro de 2021, a nação de El Salvador legalizou o bitcoin como meio de pagamento. Assim, ele se tornou o primeiro país onde a criptomoeda se tornou uma moeda oficial. Provavelmente, em um futuro próximo, isso acontecerá em outros países.

Lembramos também que, em julho de 2021, o regulador brasileiro aprovou o Ethereum-ETF na América do Sul — um fundo negociado em bolsa com base no Ethereum.

Com tudo isso, mesmo os principais especialistas do setor não se comprometem hoje a prever qual será a situação com as criptomoedas no prazo de um ano, cinco ou dez anos. Mas é impossível negar que eles já se tornaram parte integrante da vida de milhões de pessoas ao redor do mundo.

Resumindo

As coisas de que falamos acima são apenas uma pequena parte das novas tendências de TI que irão mudar nossas vidas em um futuro próximo. Com quase toda a certeza irão aparecer ainda mais inovações tecnológicas que nem podemos imaginar agora. Mas também existe a pequena possibilidade do mundo retornar de repente ao seu ritmo anterior e o ritmo de desenvolvimento abrandar. Nós apostamos mais na primeira hipótese.

As pessoas modernas têm de manter o olho nas tendências atuais e entender suas vantagens. Afinal de contas, já existem tecnologias incríveis e ao dispor de todos, as cloud, os serviços de streaming, bate-papos aleatórios por vídeo e muito mais. Use a tecnologia a seu favor e com prazer!

Comentários estão fechados.