O governo concedeu um Auxílio Emergencial de 800 dólares? Entenda

A declaração do presidente da república gerou um alvoroço nos meios digitais.

Conforme o líder do executivo, Jair Messias Bolsonaro, em discurso na  Assembleia Geral das Nações Unidas, ocorrida nesta última terça-feira (21), o governo teria pago um Auxílio Emergencial de 800 dólares a 68 milhões de beneficiários brasileiros durante o ano passado. 

“As medidas de isolamento e lockdown deixaram um legado de inflação, em especial dos gêneros alimentícios, no mundo todo. No Brasil, para atender aqueles mais humildes, obrigados a ficar em casa por decisão de governadores e prefeitos e que perderam sua renda, concedemos um auxílio emergencial de 800 dólares para 68 milhões de pessoas em 2020”. Afirmou o presidente. 

Tal declaração gerou um certo estranhamento na internet, dado a não ciência da população a respeito de auxílio emergencial no valor de 800 dólares. 

A respeito desta questão, em 2020, foi efetuada a distribuição do referido benefício no valor de R$ 600. Esta cota foi paga durante 5 meses, e para mães monoparentais (chefes de família provedoras do lar) foi pago o dobro, ou seja, R$ 1.200. Isto é importante para entender como podemos chegar aos tais 800 dólares. 

Neste sentido, R$ 600 equivale por volta de 113 dólares (na atual cotação da moeda), e R$ 1.200 a 223 dólares. Diante disso, o governo concedeu durante o ano de 2020, R$ 293,1 bilhões a cerca de 68 milhões de brasileiros através dos repasses do auxílio, pelo menos é o que aponta o balaço da Caixa Econômica Federal.

Desta maneira, em média cada beneficiário recebeu R$ 4,1 mil, ou seja, o equivalente a 813 dólares por pessoa. Este valor leva em consideração a data de início dos pagamentos do Auxílio Emergencial, em 2020, até fevereiro deste ano.  

Sendo assim, os 800 dólares não se trata de um pagamento mensal do auxílio, mas sim, do acumulado recebido pelos beneficiários durante o referido período de um ano.

Comentários estão fechados.