Como sabemos o Microempreendedor Individual (MEI) é o tipo mais simples de empresa e foi criado pelo Governo para permitir ao pequeno empresário fácil acesso a um CNPJ, com custo baixo e menos burocracia. Mas, mesmo sendo simplificado, muitos se deparam com dúvidas em seu dia a dia a respeito de sua pequena empresa. Uma delas é em relação a obrigatoriedade de abrir conta MEI no banco, como pessoa jurídica. Certo? Então,vamos lá!

Preciso ou não abrir conta MEI?

A resposta oficial para essa pergunta é que não. Você não é obrigado a abrir conta MEI para realizar movimentações bancárias das suas receitas e despesas.

No entanto, como uma das obrigações do MEI é manter seu controle de entradas e saídas completo, ter uma conta separada da sua pessoal facilita muito o processo.

Se eu não sou obrigado a ter uma conta PJ MEI, como faço para saber se é uma boa opção para o meu negócio?

Questione-se e entenda o que faz sentido para o seu MEI

A melhor forma de saber qual recurso é o ideal para o seu negócio, é questionando-se. O que você realmente precisa usar no seu dia a dia? É um crédito, uma maquininha de cartão ou apenas mais credibilidade para seus clientes. Para te ajudar, listamos aqui algumas sugestões:

  • Boletos de cobrança: Para a emissão de boletos de cobrança não é necessário mais ter uma conta PJ. No modelo avulso você paga apenas pelo boleto emitido e pago pelo seu cliente –  no nosso aplicativo você encontra essa e outras funcionalidades.
  • Maquininha de cartão: outra situação que NÃO é necessário ter uma conta PJ MEI. Atualmente, produtos avulsos, como a maquininha de crédito estão disponíveis. 
  • Recebimento de empresas de maior porte: Geralmente ter uma conta PJ MEI é uma exigência da empresa para contratar seus serviços ou fazer uso dos seus produtos. Aqui varia bastante a negociação diretamente com seu cliente. Caso não queria abrir uma conta MEI apenas para um cliente, uma boa alternativa é oferecer a emissão de boleto de cobrança.
  • Controle financeiro da sua empresa: Esse é o caso que ter uma conta PJ MEI ajudará muito. Mas se você é organizado e mantém anotações de recebimento e pagamento pode não ser necessários
  • Pagamento aos fornecedores: Nesse cenário a conta PJ não faz muita diferença. Mas não esqueça sempre de comprovar que tem CNPJ MEI, pois fornecedores costumam dar desconto para comprar em atacado.
  • Crédito para investir no seu negócio: Esse é um caso que faz sentido ter uma conta PJ MEI. Além das instituições exigirem esse requisito, você precisa construir um histórico de bom pagador para obter juros menores. O PJ dispõem de maior variedade de opções de crédito.

Se você já analisou a realidade do seu negócio, colocou na balança os prós e contras e chegou a conclusão que abrir conta MEI faz sentido para você, então está na hora de saber quais documentos precisará.

Os documentos MEI que geralmente são pedidos:

  • CPF e RG do empreendedor;
  • Certificado de Condição de Microempreendedor Individual (CCMEI).
  • Cartão CNPJ;
  • Comprovante de endereço;
  • Comprovante de renda (que pode ser a sua declaração de faturamento anual do MEI)

Mas não se esqueça, se você quer ter crédito ou conta em banco através da sua empresa, você vai ter que demonstrar que tem um controle de vendas e uma movimentação financeira compatível. Outra informação importante é que como sua empresa é um MEI (Individual) o banco vai verificar seu CPF e suas movimentações pessoais para aprovar a abertura ou crédito, por isso é importante verificar a condição de cada banco, vale a pena procurar pelos maiores bancos privados e públicos.

Via MEI Fácil

Deixe uma resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.