O que deve ser feito se o seu benefício do INSS for negado?

0

Muitos segurados se questionam sobre o que deve ser feito se o seu benefício for negado, lembrando que para você ser concedido a qualquer benefício do INSS é necessário cumprir vários requisitos. 

A maioria das pessoas tem seu benefício negado por falta de documentação e outros fatores que vamos falar no decorrer do nosso texto.

Continue conosco que vamos listar tópicos para auxiliar você nosso leitor  em casos como estes.

Tempo de contribuição insuficiente 

É normal que o INSS cometa falhas na hora de registrar alguns períodos e se faltar tempo de contribuição automaticamente seu benefício será negado. 

Falta de recolhimento de Atividade Especial 

Se o segurado que precisa comprovar atividade para a aposentadoria especial, não tiver como provar o tempo trabalhado, logo seu benefício será negado.

Pois, estes segurados podem se aposentar mais cedo do que o tempo solicitado na aposentadoria comum. 

Para evitar esta situação é importante ter em mãos o LTCAT e o PPP atualizados. 

Atividade rural ou de pesca 

Ressaltando que em atividades de regime de economia familiar, a partir dos 12 anos de idade já contará como aposentadoria. 

Quando for requerer o benefício junte toda a documentação necessária e tente procurar a ajuda de um profissional. 

Designed by @olly / Freepik
Imagem por Freepik / Designed by @olly / Freepik

Falta de dados no CNIS 

O CNIS é o Cadastro Nacional de Informações Sociais, tem o objetivo de listar os períodos e valores de contribuições que foram feitas durante suas atividades laborais. 

Porém pode ocorrer de faltar alguns períodos e caso isso aconteça você poderá agendar no INSS um pedido de revisão do CNIS.

Feito isso será necessário que você leve até a uma agência do INSS, provas do tempo trabalhado que não está registrado no documento. 

Falhas por parte da empresa

Se a empresa que você exerceu suas atividades laborais, tenha descumprido com as suas obrigações (recolhimento ao INSS), automaticamente seu pedido será negado, logo você conseguirá comprovar isso através da carteira de trabalho ou contracheques. 

Empresários e autônomos 

Uma vez que os autônomos ou empresários deixam de fazer as suas contribuições para o INSS, isso será um fator que irá impedir sua concessão em qualquer benefício do INSS.

Para reverter esta situação é necessário quitar todos os débitos pendentes. 

Conclusão

Com base no nosso texto, é primordial que você tenha preenchido todos os requisitos para o seu pedido de aposentadoria e também tenha todas as documentações em mãos. 

Aconselhamos a você fazer um planejamento previdenciário com um profissional qualificado, com este planejamento você estará ciente do seu tempo de contribuição e até mesmo os valores que terá direito a receber. 

Dica Extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social. 

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. 

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.

Por Laís Oliveira