O que é CRC e qual sua importância para a contabilidade?

0

Uma das dúvidas comuns ao avaliar os serviços contábeis para a empresa é entender o que é CRC. Neste post, você aprenderá mais sobre ele!

Você sabe o que é CRC? Quem tem uma empresa e quer garantir uma boa gestão do negócio pode contar com a contabilidade.

Assim, é preciso encontrar um profissional registrado no CRC para garantir um serviço de qualidade.

Por outro lado, quem deseja atuar na área, precisa entender do que se trata o órgão e os benefícios que ele proporciona, além de conhecer as etapas necessárias para o registro e atuar regularmente.

Se você tem interesse no assunto, continue a leitura deste conteúdo para entender o que é CRC e por que ele é tão importante para a contabilidade!

O que é CRC?

CRC é a sigla para Conselho Regional de Contabilidade, o órgão responsável por habilitar os contadores para o exercício da profissão, após a conclusão da graduação em ciências contábeis. 

Ao todo, são 27 CRCs no Brasil, um para cada Estado e o Distrito Federal, sendo que todos são vinculados ao Conselho Federal de Contabilidade (CFC).

Os órgãos foram criados pelo Decreto-Lei n.º 92.295 de 1946, que também traz as atribuições do contador.

Assim, é por meio dele que o profissional conseguirá a Carteira de Identidade Profissional do Contador, que também servirá como documento de identidade oficial.

Isso acontece, devido à previsão da Lei n.º 6.206 de 1975, que garantiu a validade do registro em todo o território nacional. Por fim, em 2011 a Resolução n.º 1.370 do CFC regulamenta a constituição, a finalidade e demais características dos Conselhos.

Funções do CRC

Os órgãos têm como objetivo editar normas e estabelecer os princípios que devem ser observados pelos profissionais, além de fiscalizar e supervisionar a atuação dos contadores, para garantir que eles não cometam irregularidades.

Diante de infrações, o CRC pode aplicar punições e comunicar às autoridades competentes sobre os fatos, sempre que a solução não fizer parte de suas responsabilidades.

No entanto, mesmo com a regulamentação sobre penalidades, a atuação do órgão tem um caráter preventivo.

Quais os benefícios do CRC?

Como ele regulamenta a atuação dos profissionais inscritos, o órgão traz benefícios para todos.

Os contadores adquirem suporte para entender seus deveres e obrigações, com a certeza de que seus colegas cumprem as mesmas exigências.

Já para as empresas que utilizam o serviço, isso traz segurança sobre a qualificação do profissional e a sua regularidade, tendo em vista que ele precisará responder ao órgão em caso de irregularidades.

Desse modo, o registro no CRC demonstra a credibilidade do profissional e comprova aos potenciais clientes que ele está apto para exercer a profissão, seguindo os critérios do conselho para ter uma atuação ética e competente.

Como adquirir essa certificação?

Até o dia 1º de junho de 2015, o registro no CRC também era garantido aos técnicos em contabilidade — contabilistas e guarda-livros —, mas atualmente ele não é mais aplicável a esses profissionais.

O registro é obtido após a realização e aprovação no exame de suficiência contábil, que foi criado pela Lei n.º 12.249/2010 e é aplicado desde 2011.

Ele conta com apenas uma fase, garantindo um processo mais rápido.

Nela, o profissional precisará responder 50 questões objetivas, com 4 alternativas cada, e acertar pelo menos 50% da prova para obter a aprovação.

A prova aborda diversas disciplinas estudadas durante a graduação.

São elas:

  • Auditoria Contábil;
  • Contabilidade Aplicada ao Setor Público;
  • Contabilidade de Custos;
  • Contabilidade Geral;
  • Contabilidade Gerencial;
  • Controladoria;
  • Legislação e Ética Profissional;
  • Língua Portuguesa Aplicada;
  • Matemática Financeira e Estatística;
  • Noções de Direito e Legislação Aplicada;
  • Normas Brasileiras de Contabilidade;
  • Perícia Contábil;
  • Princípios de Contabilidade;
  • Teoria da Contabilidade.

Após a aprovação, o profissional conta com um prazo de 2 anos para solicitar a inscrição no CRC e receber o seu registro.

Para isso, é preciso conferir o procedimento específico no órgão de cada estado, tais como requerimentos, listas de documentos e formalização do pedido.

Por que contar com um contador na empresa?

A contabilidade é um serviço fundamental para as empresas, independentemente do porte.

O contador atua com o cálculo de tributos, sempre com foco em cumprir obrigações, sem causar prejuízos ao negócio.

Além disso, ele também pode ajudar com consultorias a respeito do fluxo de caixa, folhas de pagamento e planejamento tributário.

O conhecimento técnico é essencial para auxiliar na interpretação de relatórios técnicos que auxiliarão na tomada de decisão da empresa, ou seja, o contador desempenha um papel importante no desenvolvimento de estratégias de negócio bem estruturadas.

Também existem casos em que a empresa precisará contar com o auxílio do profissional, obrigatoriamente, para assinar documentos contábeis, como balanço patrimonial, balancetes, escrituração, entre outros.

Quem trabalha com importação ou exportação conta com ainda mais obrigações, então o profissional ajudará com todas as questões burocráticas e cumprimento da legislação.

Dessa forma, ele ajuda a garantir a regularidade tributária para que a empresa não sofra com penalidades aplicadas pelos órgãos fiscalizadores.

Como ter mais benefícios ao efetuar negócios internacionais?

Agora que você já sabe o que é CRC e a importância de um contador devidamente inscrito na empresa, se trabalha com importação ou exportação, é necessário saber como fazer transações internacionais com o melhor custo-benefício.

Portanto, se você busca as melhores alternativas, precisa conhecer a Remessa Online.

É possível enviar e receber dinheiro do exterior de forma simplificada e segura.

Basta fazer o cadastro no site, selecionar a transação desejada e seguir os passos informados, inserindo os dados solicitados pelo sistema.

No envio, o destinatário receberá o valor em um dia útil, enquanto as remessas recebidas são disponibilizadas em até 2 dias úteis após o pagamento.

Mas a agilidade não é o único benefício — os usuários também contam com as melhores taxas do mercado.

Ao fazer uma transação utilizando a plataforma, os custos são:

  • conversão da moeda usando o câmbio comercial do momento da transação, sem custo adicional;
  • Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) de 0,38% (para terceiros) ou 1,1% (para a mesma titularidade);
  • taxa fixa de 1,3% sobre o total da transação;
  • tarifa bancária de R$ 5,90, apenas se o valor total for inferior a R$ 2.500.

Agora você já sabe o que é CRC, a função do órgão e a importância da contabilidade para a empresa.

Se a empresa trabalha com importação ou exportação, além de utilizar o suporte de um contador de confiança, conte com a Remessa Online para ter as melhores condições nas transações internacionais.

Então, gostou do conteúdo? Para saber mais sobre as transferências para o exterior, acesse agora mesmo o nosso site!