O que é uma exchange de criptomoedas e como escolher

Saiba o que é exchange de criptomoedas e como escolher bem

Você sabe o que é uma exchange de criptomoedas? Elas são engrenagens fundamentais para ajudar as pessoas a entrarem no universo de criptoativos, que se expande em ritmo acelerado desde o surgimento do Bitcoin, em 2008.

Se você se interessa por começar no mundo de criptomoedas, é importante saber o que é exchange de criptomoedas, quais são as atividades desenvolvidas e como encontrar a melhor corretora para o seu caso.

O que é exchange de criptomoedas?

A palavra “exchange” significa “troca”, “permuta”. Assim, uma exchange de criptomoedas pode ser entendida como um intermediário que facilita a troca desses ativos entre pessoas ou empresas.

São plataformas eletrônicas que atuam como corretoras desse tipo de moedas virtuais. Por meio delas, a pessoa faz a compra, venda, troca e custódia de suas criptomoedas ou de outros ativos digitais, como é o caso dos tokens.

Ao conectarem vendedores e compradores, as exchanges garantem a ambos os lados o cumprimento de tudo o que foi previamente negociado em termos de valores, oferecendo às duas partes o máximo de praticidade e segurança na operação.

Como funciona uma exchange de criptomoedas?

As exchanges de criptomoedas funcionam de forma bastante similar às corretoras de valores que atuam no mercado financeiro convencional. A atividade principal delas é intermediar as transações realizadas entre vendedores e compradores, envolvendo ativos que são, neste caso, as moedas digitais.

Mas elas também oferecem outros serviços, como soluções de pagamento utilizando criptoativos e a custódia de criptomoedas, caso a pessoa não saiba nem queira ter uma carteira digital própria (wallet) de criptomoedas.

Confira as principais características que regem o funcionamento das exchanges de criptomoedas:

Cadastro

Para se tornar cliente, a pessoa ou empresa deve fazer um cadastro, preenchendo um formulário disponível na própria plataforma eletrônica (via web ou app) e confirmando a identidade bem como outras informações.

A partir daí, a pessoa estará pronta para usar sua conta, comprar criptoativos e utilizar os serviços da exchange em questão.

Livro de ofertas

Cada corretora de criptomoedas possui seu próprio livro de ofertas, onde estão indicadas as criptomoedas com que a plataforma permite fazer transações e que estão à disposição das pessoas que estão operando.

Regras próprias

As corretoras eletrônicas têm regras próprias no que se refere à maneira como se relacionam com cada cliente, que são distintas das demais corretoras.

Questões relacionadas a taxas e formas de cobrança, prazos para conclusão das operações e bancos conveniados, por exemplo, são definidas pela própria exchange e podem ser alteradas com o tempo, dependendo das demandas e necessidades.

Diferença de cotações entre corretoras

Outra característica das exchanges é que cada uma funciona individualmente, como uma espécie de “bolsa de valores” independente das demais.

Os negócios envolvendo moedas digitais são realizados obedecendo a lógica da demanda interna de oferta e procura dos criptoativos. Isso faz com que a cotação de um mesmo ativo seja diferente em corretoras concorrentes – mas a diferença não costuma ser grande.

Ainda que essa variação raramente supere 3%, essa diferença já é suficiente para que pessoas que operam há mais tempo ou com mais frequência optem pelas chamadas “operações de arbitragem”, que são transações de compra e venda em diferentes exchanges, para conseguir os melhores preços possíveis em cada operação.

Benefício tributário

A legislação tributária beneficia pessoas que utilizam as exchanges em seus negócios com criptomoedas. Isso significa que a pessoa que vender ativos digitais por menos de R$35 mil em um mês e tiver vantagens na operação está isenta de pagar Imposto de Renda sobre o que receber.

Para ter uma ideia, quem investe em fundos ETF de criptomoedas, que são negociados em bolsas de valores, costuma ser tributado em 15% sobre o que recebe, independentemente do valor negociado.

Funcionamento non-stop

As exchanges de criptomoedas funcionam no sistema sem parar, 24 horas por dia, sete dias por semana, realizando operações continuamente, de maneira online. Isso difere das corretoras de valores tradicionais, que operam em horário comercial determinado pela B3 (entidade que rege as bolsas de valores), somente de segunda a sexta-feira.

Como escolher a melhor exchange de criptomoedas?

Escolher corretamente a corretora de criptomoedas que será a plataforma de negócios para suas transações é tão importante quanto saber o que é uma exchange de criptomoedas. Isso exige uma série de cuidados, para evitar cair em golpes e manter o bolso protegido.

Infelizmente, há falsas corretoras de criptomoedas pelo Brasil, que crescem impulsionadas por promessas mirabolantes de rentabilidade, feitas em grupos de criptoativos em aplicativos de mensagens instantâneas e também por outros tipos de outras ações fraudulentas. Isso leva muitas pessoas e empresas a amargarem prejuízos que poderiam ter sido evitados.

Por essa razão, é importante utilizar critérios claros e objetivos para identificar aquela que seja a melhor exchange de criptomoedas no Brasil para suprir as suas necessidades e, assim, ficar bem longe de dores de cabeça!

Confira os critérios que devem ser considerados na hora de escolher a melhor exchange de criptomoedas:

Verificar o histórico da corretora e pessoas associadas

É fundamental procurar todas as informações de cadastro da exchange de criptomoedas, verificando a veracidade de dados como CNPJ, endereço físico, telefone, e-mail e outros contatos fornecidos.

O mesmo deve ser feito em relação às pessoas associadas à corretora em questão. Consulte cartórios e a própria Justiça Cível e Criminal para saber se existem processos ou outras negativações contra elas.

Checar a reputação da exchange de criptomoedas

Pode ser que não existam processos em andamento contra a plataforma eletrônica ou seus proprietários, mas isso ainda não quer dizer que está tudo certo.

Procure saber como anda a reputação da corretora de criptomoedas no mercado. Para isso, converse com clientes da exchange para que te contem como tem sido a experiência até o momento.

Outra dica é consultar fontes confiáveis para checar se existe algo contra a empresa, como sites especializados em notícias econômicas e financeiras, comentários postados nas redes sociais da exchange, fóruns de discussão moderados e site do Reclame Aqui e outras plataformas de defesa do consumidor.

Analisar valores e alíquotas das taxas cobradas

Visite o site da exchange de criptomoedas e verifique quais são os valores ou alíquotas que ela debita de seus clientes em operações como saques, depósitos e transferências (de criptoativos e de moeda fiduciária), assim como os limites de cada operação.

Normalmente, as informações relativas a tarifas estão disponíveis nos sites das plataformas eletrônicas. Caso tenha dificuldades em encontrar, busque no Google a expressão “taxas da exchange” seguida do nome da corretora.

Avaliar se o livro de ofertas atende às suas necessidades

Cada exchange tem seu próprio livro de ofertas, indicando quais são as criptomoedas com que trabalha e que estão disponíveis para a realização de operações de compra, venda e transferência.

É importante que a pessoa ou empresa interessada em realizar transações no mercado de criptoativos esteja ciente das criptomoedas disponíveis, especialmente se quiser negociar outros ativos além dos tradicionais Bitcoin e Ether.

Exchange de criptomoedas Bitso

Para quem deseja ingressar nesse mercado comprando e vendendo criptomoedas simplesmente ou expandindo sua atuação como trader de criptoativos, a Bitso é uma das exchanges de criptomoedas que mais cresce no na América LAtina, com mais de quatro milhões de pessoas registradas na plataforma.

Seu funcionamento em escala global é regulado pela Comissão de Serviços Financeiros de Gibraltar (GFSC) e o cadastro pode ser feito tanto pelo site da Bitso quanto pelo app, de forma simples, rápida e com total segurança digital.

Bitso Alpha

Se você quiser ir além das operações envolvendo a compra e venda de moedas digitais, também está à disposição o Bitso Alpha, que permite a realização de análises mais profundas do segmento cripto, com acesso a índices e gráficos dos diferentes mercados de criptomoedas, bem como operações de trade.

A Bitso opera atualmente com mais de 20 criptomoedas diferentes, tendo em sua lista desde os ativos mais tradicionais (Bitcoin e Ether) até algumas das mais recentes criptomoedas transacionadas internacionalmente.

Comentários estão fechados.