O que leva a perda do Auxílio Emergencial? Entenda

Não movimentar o valor do auxílio dentro de um prazo estabelecido, pode acarretar a suspensão do benefício.

0
Foto: Marcello Casal Jr/ Agência Brasil
Foto: Marcello Casal Jr/ Agência Brasil

É preciso estar ciente que o Governo Federal estabelece um prazo de 120 dias para movimentar o valor referente ao Auxílio Emergencial. Caso isso não seja feito, o benefício do contemplado será suspenso, dado que se entende que ele não precisará do dinheiro. 

Ainda neste sentido, caso o dinheiro não seja movimentado de alguma forma, ou seja, o beneficiário não o utilizou, bem como, não realizar alguma transferência, saque, ou sequer pagou um boleto usando o valor, a quantia referente ao auxílio retornará aos cofres do governo. 

Sendo assim, deve-se estar atento, o período estipulado de 120 dias passa a valer a partir do dia em que foi realizado o depósito. Desta forma, o beneficiário tem praticamente 4 meses para movimentar o auxílio. 

O que mais pode levar a perda do Auxílio?

Além de não usufruir do dinheiro no devido prazo, existem outras situações que, mediante a análise do governo, podem levar à suspensão, ou até mesmo ao cancelamento do benefício. Confira quais são: 

Foto: Marcello Casal JrAgência Brasil
Foto: Marcello Casal JrAgência Brasil
  • Ingresso em um trabalho formal (carteira assinada); 
  • Aumento da renda familiar, de modo que ultrapassou o limite estipulado pelo benefício; 
  • Passou a receber algum outro benefício do governo (Salvo Bolsa Família e Abono Pis/Pasep);
  • Foi preso em regime fechado; 
  • É servidor público, ou atende algum outro perfil indevido para concessão do Auxílio Emergencial. 
  • Entre outros. 

Em casos de suspensão, como contestar?   

Caso o seu Auxílio Emergencial tenha sido bloqueado, é possível questionar a decisão do governo. Para isto, basta acessar o site do Dataprev, e buscar a opção “contestação”, após isso, preencha o que for solicitado, e argumente explicando o porque seu auxílio foi bloqueado indevidamente. 

Como consultar?

Vale ressaltar, que caso você deseje saber se o seu auxílio foi bloqueado, ou ter ciência da contemplação do benefício, basta realizar a consulta pelo site do Dataprev ou na página da Caixa Econômica

Cabe salientar, que o processo de consulta, também pode ser feito ligando no número 111.