O que é OKR?

OKR é abreviação para Objectives and Keys Results (Objetivos e Resultados Chave).

É uma metodologia de orientação e gestão da execução da estratégia da empresa, sendo uma excelente ferramenta para alcançar seus objetivos de negócios.

Não importa se estamos falando de uma empresa de engenharia de software, ou um escritório de contabilidade, os OKRs funcionam da mesma maneira para estabelecer metas em diferentes níveis da empresa.

Podem ser, inclusive, utilizados para atingir objetivos pessoais, te dando uma visão clara da posição onde está e ações necessárias para chegar ao seu objetivo.

História do OKR

OKR (Objectives and Key-Results) é uma ferramenta colaborativa de orientação e gestão da execução da estratégia da empresa. 

Andrew “Andy” Grove, ex-CEO da Intel é o criador dos OKR.

Ele as introduziu primeiramente na Intel e documentou tudo no seu livro “High Output Management (Administração de Alta Performance, no Brasil), em 1983.

Ficou altamente popular através de John Doerr, lendário investidor de capital de risco que conheceu a metodologia através de Grove em um treinamento realizado na Intel e apresentou ao Google. 

E o OKR pode ser aplicada na minha empresa?

O conceito se tornou extremamente famoso e tornou-se central na cultura do Google, apoiando seu crescimento desde então, de 40 para mais de 60 mil funcionários, mostrando que pode ser aplicado tanto por pequenas empresas quanto por grandes corporações.

Além do Google, diversas outras empresas utilizam OKR: Linkedin, Spotify, GoPro, Amazon, entre várias outras.

Em território nacional podemos apontar exemplos como Nubank, OLX, e VivaReal. 

Estrutura dos OKR

A estrutura geral do OKR é simples e fácil de compreender.

Como dito no início do texto, ela gira em torno de dois elementos principais chamados “Objetivos e Key Results” ou resultados chave.

Vamos nos aprofundar um pouco mais e entender como cada elemento funciona. 

Objetivos

Os objetivos é o resultado de negócio que precisa ser alcançado.

Devem ser curtos e inspiradores, ao ponto de motivar e engajar a equipe.

Ao mesmo tempo que devem ser fáceis de entender e flexíveis para que você possa ajustá-los adequadamente.

Exemplos:

  • Criar o maior evento de Contabilidade do Brasil
  • Aumentar a nossa receita recorrente
  • Criar um ambiente extraordinário para os colaboradores

Nos exemplos podemos ver como os Objetivos geralmente são qualitativos e difíceis de medir.

A partir disso que entram os Key Results.

Key Results

Para cada objetivo existem alguns resultados mensuráveis para que você possa acompanhar facilmente o progresso dos seus objetivos. 

Os KRs (Key Results, ou Resultados Chave) servem de indicadores para medir o seu progresso em direção ao Objetivo.

Ao contrário dos Objetivos, os KRs devem ser quantitativos, mensuráveis e ter tempo definido para o seu cumprimento, ou seja, data de início e data de finalização. 

Exemplos:

Objetivo 1: Criar o maior evento de Contabilidade do Brasil

  • KR1: Vender 8.000 ingressos
  • KR2: Ter o orçamento abaixo de R$ 20.000
  • KR3: Ter um Net Promoter Score de pelo menos 85

Objetivo 2: Aumentar nossa receita recorrente

  • KR1: Ter um aumento de vendas em 40% ao mês
  • KR2: Reduzir a taxa de Churn para menos de 1%
  • KR3: Atingir um ticket-médio de R$ 700,00

Objetivo 3: Criar um ambiente extraordinário para os colaboradores

  • KR1: Ter um Employee Net Promoter Score de pelo menos 75
  • KR2: Trazer um palestrante externo por mês
  • KR3: Prospectar e contratar uma plataforma de cursos online.

Conseguiu visualizar como os Key Results são mensuráveis e conseguem entregar o seu progresso em relação ao Objetivo?

O ideal é que esses KR sejam criados em cima de metas SMART (Específica, Mensurável, Atingível, Relevante e Temporal), e que sejam objetivos agressivos a ponto de motivar o colaborador.

Como funciona o Ciclo de OKR?

O ciclo de OKR gira em torno de três principais fases:

1 – Planejamento

Nesta fase é feita o planejamento e desdobramento dos OKRs pela Organização, ou seja, transformamos os Objetivos da Organização em OKRs para o ciclo completo.

Essa fase é de extrema importância, pois sem o planejamento correto não conseguimos alcançar os melhores resultados.

2 – Acompanhamento

É nessa fase que os benefícios dos OKR começam a ganhar vida e gerar resultados para a empresa.

A parte mais importante desta fase são as Reuniões de Acompanhamento.

Essa reunião é realizada de forma semanal ou quinzenal, onde cada líder se reúne com seus liderados e passam por seus OKRs.

Nesta reunião são citadas os OKRs que estão dentro do progresso desejado e também as que estão aquém, é discutido o motivo para isso estar acontecendo e as ações que estão sendo feitas para reverter o cenário.

É de extrema importância que a empresa crie uma cultura de aprendizagem em torno desses OKRs, onde ninguém tem medo de levar “más notícias”, afinal de contas, ter todos trabalhando em colaboração para resolver os entraves é o ideal.

Lembrem-se, penalizar quem não está atingindo metas não é o objetivo dessa fase.

3 – Reflexão

Na fase de reflexão é debatido todo o Ciclo de OKR.

É feito a avaliação dos OKRs, onde visualizamos o que foi e não foi alcançado, os motivos e se é válido levar esse OKR para o próximo ciclo.

E como eu avalio os OKRs?

Na abordagem do Google existem cinco percentuais de cumprimento para um OKR:

0,0 = Nenhum progresso realizado

0,3 = Pequeno progresso feito

0,5 = Progresso razoável 

0,7 = Progresso esperado

1,0 = Progresso extraordinário

Empresas que estão implementando OKR por vezes também trabalham com quatro percentuais para os OKRs, eliminando o Progresso extraordinário.

0,0 = Nenhum progresso realizado

0,3 = Pequeno progresso feito

0,6 = Progresso razoável

1,0 = Progresso esperado

Objectives e Key Results

Sempre é bom salientar que nenhuma empresa precisa virar refém do método, durante a fase de planejamento dos OKRs pode ser debatido como vai ser feita a avaliação ao final do ciclo e quais percentuais serão utilizados nesta avaliação.

Mas lembre-se de que o importante nesta fase são os aprendizados que adquirimos neste ciclo.

OKR: 6 benefícios práticos para a sua empresa 

1 – Geração de foco e priorização para a empresa

Os OKRs forçam a empresa a priorizar os resultados de negócio que são mais importantes naquele momento, evitando que gastem tempo e energia com coisas menos importantes.

2 – Aumenta a colaboração

Um dos maiores benefícios do OKR é a criação de um ambiente colaborativo.

Diversos objetivos necessitam do esforço de mais de uma área, pois seriam difíceis demais para uma só pessoa alcançar sozinha, então essa estrutura permite a criação de um ambiente onde os colaboradores trabalham juntos para alcançar um objetivo semelhante.

3 – Aumenta a clareza em relação aos objetivos da empresa

A utilização do OKR fornece uma orientação bem clara sobre os objetivos comuns da organização.

Essa clareza é importante porque permite que todos tomem consciência sobre os principais objetivos de negócio.

4 – Aumento da Motivação dos Colaboradores

Metas difíceis tendem a aumentar a motivação das pessoas em relação às tarefas que elas têm que executar. 

5 – Criação de uma estrutura ágil

A grande diferença entre o OKR e outros métodos de gestão de resultados e definição de objetivos é que o OKR oferece a possibilidade de revisar seus objetivos a curto prazo.

Ele dá uma facilidade de fazer os ajustes para que um processo de uma mudança seja fácil para as empresas.

6 – Ganho de produtividade

Todos os objetivos estão claramente definidos e abertos para que qualquer colaborador veja, permitindo que eles se concentrem em alcançá-los, ao invés de perder tempo tentando descobrir o que precisa ser feito.

OKR: Como aplicar na sua empresa de forma definitiva

Só saber o funcionamento dos OKRs e seus benefícios não é o suficiente para você implantar a metodologia na sua empresa.

Algumas práticas são muito importantes para assegurar o funcionamento da metodologia.

1 – Os OKRs devem ser ser definidas anualmente e trimestralmente

A partir da missão, visão e estratégia para a empresa são desdobrados os OKR´s estratégicos, ou trimestrais, que vão nortear a empresa durante o ano.

O que precisamos fazer para atingir os OKRs estratégicos? Do desdobramento dos OKRs estratégicos, nascem os OKRs táticos da empresa, que geralmente são trimestrais.

A melhor forma de definir os OKRs táticos é de forma trimestral.

Para quem está usando OKRs pela primeira vez, você tem espaço para aprender e se adaptar a essa metodologia.

Além disso, um ano é tempo demais, diversas mudanças podem impactar os OKRs anuais da empresa.

Com os OKRs trimestrais você pode ajustar seus objetivos a essas mudanças.

2 – Seus OKRs não são uma lista de tarefas

Os OKRs não tem que ser uma daquelas listas de tarefas enormes, eles são o resultado da priorização que você fez para o trimestre corrente.

O número de OKRs é muito importante para obter os resultados estipulados. 

O ideal é que tenhamos no máximo quatro objetivos, e para cada objetivo, no máximo 5 resultados chave.

3 – OKRs devem ser visíveis

Os OKRs não devem ficar em sigilo, visíveis apenas a parte interessada.

Eles precisam estar visíveis para que todos os colaboradores possam ver os objetivos da empresa e equipe o tempo todo.

Isso além de gerar uma clareza sobre o que deve ser feito, gera também um ambiente de transparência.

4 – Set it and Forget it (Definir e esquecer ?)

Conhece essas listas de ano novo, que listamos tudo o que desejamos fazer no ano seguinte e quando passa o Carnaval ninguém lembra? Os OKRs não devem ser tratados dessa forma. 

Se os OKRs não forem acompanhados de perto, existe um grande risco de não funcionar.

Crie uma cultura ao redor dos OKRs na sua empresa

O OKR é uma excelente ferramenta de gestão para alcançar os objetivos da sua empresa. 

Tão importante quanto isso é o impacto que ele pode causar na sua cultura

Além de todos os benefícios que o OKR pode gerar para sua empresa citados nesse texto, o maior ganho da empresa é uma cultura focada em resultados ao invés de focada em tarefas. 

É muito importante não confundir esforço e resultado.

Ao final do dia, se o resultado não surgir, seu esforço vai ter sido todo em vão. 

OKR: Aplique na sua empresa de forma prática

Pronto para aplicar todos os conceitos deste artigo? Para te ajudar nessa missão nós preparamos algo diretamente do nosso time para o seu.

Criamos a Planilha de OKR. Através desta planilha você terá como realizar o acompanhamento dos seus objetivos estratégicos e táticos, a frequência de acompanhamento, progresso, responsáveis e muito mais.

O melhor disso tudo: ela é gratuita!

Baixe grátis agora mesmo a sua Planilha de OKR e leve sua empresa ao crescimento assim como as empresas mais inovadoras do mundo.

Fonte: Maino