Onde encontrar a menor taxa de troca de criptomoedas

0

Um trader em qualquer mercado, seja ele de ações, moedas ou criptomoedas, que é bem popular atualmente, está rodeado por uma enorme quantidade de custos adicionais. Esses são todos os tipos de comissões, spreads, swaps, etc. E se você planejar sua troca de criptomoeda incorretamente, esses custos podem “comer” a parte do leão do lucro ou até mesmo reduzi-lo a zero.

Comissões nas plataformas de criptomoedas

Usando os serviços de uma bolsa de criptomoedas, um negociante tem que pagar uma série de comissões. Os tipos mais comuns deles em pregões são:

1. Taxa de transação. Esta é a comissão mais comum para depositar fundos ou retirá-los da bolsa.

Se uma bolsa de criptomoedas suporta a entrada ou saída de apenas criptomoedas, então, para essas transações, o trader pagará apenas a comissão cobrada pelos mineradores. O valor da comissão, neste caso, geralmente é insignificante.

Para operações com moedas fiduciárias,  terá que pagar uma comissão do sistema de pagamento. Ao mesmo tempo, dependendo do sistema escolhido (transferência bancária ou outro), o valor da comissão será diferente. Além disso, o nível de verificação aprovado na conta do trader afeta o tamanho da comissão.

2. Comissão para uma transação comercial. Esta comissão sobre as trocas de criptomoedas é cobrada diretamente na negociação, ao fazer um pedido. Via de regra, seu tamanho oscila na faixa de 0,1-0,25%, mas em algumas plataformas pode chegar a 1% do volume de negociação.

Maker e taker

Um maker é um trader que abre negociações de venda. Este nome vem da palavra inglesa make (criar). Acredita-se que o maker coloca seus ativos na bolsa, ou seja, “cria o mercado”.

Um taker (da palavra inglesa take) é um trader que compra. Acredita-se que o taker reduz a liquidez de um ativo na bolsa, pois após a compra o transfere para uma conta externa.

bitcoin

Como o formador fornece liquidez e o taker a retira, via de regra, o tamanho da comissão para o maker é menor do que para o taker.

No entanto, existem trocas de criptomoedas em que não há comissões para fazer pedidos. Esses sites estão ganhando popularidade, mas a liquidez em seus negócios deixa muito a desejar. Além disso, como compensação pela falta de uma comissão comercial, esses sites costumam exagerar as taxas para as operações de transação.

Plataformas de criptomoeda com taxas mínimas

As seguintes plataformas podem ser diferenciadas das bolsas de criptomoedas com comissões mínimas:

ü Binance tem as menores taxas de comissão entre as plataformas mais populares – 0,1%, e se você usar os próprios tokens da bolsa, será ainda menor.

ü No site da HitBTC, a comissão de colocação de pedido tanto para o fabricante quanto para o taker é de 0,1%.

ü No Bitfinex, a comissão de negociação para o maker é de 0,1% e 0,2% para o taker.

ü Na io, um maker pagará de 0% a 0,16% para fazer um pedido, para um taker a comissão será de 0,1% a 0,2%.

ü Nas plataformas GDAX e itBit, não há comissão de negociação para os makers. Para os takers, será de 0,25%.

ü Na bolsa Livecoin, você encontra a opção de depósito em moeda fiduciária sem comissão (via sistema Capitalista). Além disso, se os volumes de negociação forem pequenos, a comissão de negociação será de 0,18%.

Em custódia

Há uma grande variedade de plataformas de criptomoedas que oferecem negociação de ativos digitais – desde modestas bolsas focadas no segmento de mercado local, com diferentes reputações, até os principais gigantes que são análogos à NYSE, LME ou NASDAQ no mundo das criptomoedas. Portanto, cada trader pode escolher uma bolsa com taxas de comissão aceitáveis. Só podemos desejar boa sorte em um negócio tão empolgante como negociar criptomoedas.