Sempre falamos por aqui sobre como os escritórios de contabilidade devem investir na prestação de consultorias que elevem a satisfação de seus clientes e os ajudem a desenvolver seu negócio. Agora, imagine o quão bom seria saber exatamente quais oportunidades podem – e devem – ser exploradas pela sua equipe nas micro e pequenas empresas que seu escritório atende.

O Sebrae realizou uma pesquisa que trata exatamente disso, apresentando informações sobre a relação entre contador e cliente que contemplam importantes números para seu escritório ficar de olho.

Você sabia que 66% dos escritórios de contabilidade não oferecem outros tipos de consultoria além da contábil? Em contrapartida, foi constatado que 52% das empresas que usam o trabalho de escritórios de contabilidade têm interesse em receber outros tipos de consultorias.

Mas o que os escritórios que oferecem outras consultorias estão entregando para seus clientes?

De acordo com a pesquisa, as outras consultorias oferecidas pelos 34% são:

– 14% jurídica,

Anúncios

– 12% aplicação no mercado financeiro,

– 8% investimentos no Brasil,

– 7% macroeconômica,

– 2% investimentos no exterior,

– 9% outros tipos de consultorias.

O que os clientes querem

Dentro dos 52% que demonstraram ter interesse em receber outros tipos de consultorias, os seguintes temas foram citados:

– 33% dos clientes têm interesse em aplicações no mercado financeiro,

– 31% em investimentos no Brasil,

– 27% em consultoria jurídica,

– 22% em consultoria macroeconômica,

– 11% em investimentos no exterior,

– 5% em outros tipos de consultoria.

Já nas empresas que representam os 48% das que não têm interesse, foram dadas as seguintes justificativas:

– 37% consideram que falta mão de obra qualificada,

– 32% consideram que o custo seria muito alto,

– 29% estão satisfeitos com a situação atual,

– 29% acham que o retorno financeiro seria muito baixo,

– 24% alegam que não teria demanda para novos serviços,

– 1% alegou outros motivos.

O que esses números significam?

Com essas informações, fica claro que pouco mais da metade das MPEs buscam consultorias mais abrangentes para desenvolver o seu negócio. Na outra parte que alega não ter interesse, podemos evidenciar que há uma certa resistência e, até mesmo, existe a dúvida sobre a qualidade dessas consultorias.

O que você pode aproveitar disso?

Para mostrar a qualidade de seu serviço para os clientes e apresentar razões que justifiquem a importância de investir em consultorias mais abrangentes, entram em pauta alguns temas que você deve trabalhar internamente e que já citamos aqui no blog:

– Motivar a capacitação da equipe,

– Aumentar a competitividade de seu escritório contábil,

– Dedicar esforços para desenvolver diferenciais de valor,

– Tornar-se um parceiro estratégico de seus clientes.

O que os escritórios de contabilidade pensam

A pesquisa do Sebrae destacou, ainda, alguns números que tratam sobre a receptividade que os escritórios contábeis têm em relação ao tema Consultoria de Gestão Empresarial:

– 72% têm interesse em se tornar um consultor de gestão empresarial,

– 27% não têm interesse,

– 1% já presta consultoria em gestão empresarial.

As razões que os motivam são as seguintes:

– 20% querem conquistar maior reconhecimento e melhorar a satisfação dos clientes,

– 20% visam buscar novos desafios,

– 12% têm o objetivo de ampliar sua participação no mercado,

– 11% buscam aumentar o número de clientes,

– 8% querem aumentar sua margem de lucro.

Com isso, destacamos a necessidade de acompanhar as tendências e antecipar-se frente aos seus concorrentes. Para ajudar você a saber por onde começar, preparamos um guia prático com 5 atitudes para melhorar a gestão do seu escritório contábil.

Quer saber mais informações importantes do relacionamento entre contador e cliente? Acesse a pesquisa completa realizada pelo Sebrae.

Via Ottimizza