Presumindo-se que você seja um contador iniciante ou até mesmo um estudante de Ciências Contábeis, a menos que tenha trabalhado como estagiário em algum escritório ou seja instruído por profissionais experientes, provavelmente não conhece os erros mais comuns do contador iniciante, certo?

Assim como em qualquer área de atuação, o novato tem de lidar com a inexperiência e isso não é fácil. Às vezes é necessário, por exemplo, recorrer repetidas vezes aos colegas veteranos para solucionar questões simples, pois um erro mínimo é capaz de gerar um impacto grande e negativo.

Outro conflito comum do iniciante é a falta de conhecimento prático do funcionamento dos sistemas contábeis. Isso pode gerar erros operacionais que se acumulam e, consequentemente, conduzem a empresa (ou cliente) a punições, advertências e despesas desnecessárias.

Mas como amenizar os efeitos do início de carreira? Primeiramente, respire fundo, admita a si próprio que tem muito a aprender, e encare a situação com naturalidade. Pronto? Agora, acompanhe o presente artigo para aprender a evitar os principais erros de contadores iniciantes.

1. Deixar de revisar as leis com frequência

Uma das piores maneiras de um contador iniciar a sua trajetória é ser desatualizado. Quando se trabalha com base na legislação, o princípio básico que o profissional deve ter em mente é de que mudanças surgem a qualquer instante.

Supondo que Jonas esteja trabalhando no departamento contábil de uma empresa do Simples Nacional. Para agilizar as suas atividades, Jonas tratou de anotar as alíquotas contidas no regime e salvou outras informações em PDF.

De um lado, vemos que Jonas está atento à produtividade, pois tem à pronta disposição as informações com as quais trabalha e pode visualizá-las em seu desktop ou smartphone.

De outro, o risco de todo o trabalho ser comprometido porque as informações estão desatualizadas. Ou seja, os cálculos e a interpretação da lei em questão fizeram a empresa cometer falhas críticas na contabilidade.

Portanto a dica é: elabore um cronograma dedicado à releitura dos pontos mais importantes das leis. Consulte sempre (na própria lei ou em portais de notícia) se houve / haverá alguma modificação e seus impactos.

2. Ignorar a Segurança da Informação

Em um mundo cada vez mais digital, um dos erros do contador iniciante — e até mesmo do experiente — é trabalhar com informações sigilosas sem o devido cuidado. O ambiente virtual está repleto de ameaças que, geralmente, têm como alvo as credenciais usadas por funcionários operacionais.

Logo, mesmo que a Segurança da Informação seja um fundamento da área de TI, o contador, até por estar mais próximo dos balanços da empresa, deve tomar ciência das melhores práticas para lidar com os dados, ajudando a coibir a ação dos cibercriminosos.

3. Falhar no cálculo de impostos

Há quem diga que o contador precisa se dar bem com cálculos, não é mesmo? Pois a afirmativa é muito válida. Isso porque uma das principais atividades dessa profissão é o cálculo a vasta quantidade de impostos existentes no país.

A responsabilidade atribuída ao contador na hora de fazer as contas é muito grande e não há tolerância para erros. Até por isso, a tarefa costuma ser um desafio e tanto ao contador iniciante — que ainda tem de lidar com os anseios.

Para evitar as possíveis falhas e inconsistências, o profissional que carece de afinidade com os cálculos pode investir em cursos específicos para se aperfeiçoar nesse imprescindível fundamento.

4. Não aplicar os Princípios da Contabilidade

Um dos deveres do profissional contábil é o conhecimento e aplicação dos Princípios da Contabilidade. O descumprimento desse dever, infelizmente, está entre os principais erros do contador iniciante.

Por exemplo, quando o contador deixa de registrar todas as ocorrências que afetam o patrimônio da empresa, independentemente do grau de influência ou se há incerteza, ele está negligenciando o Princípio da Oportunidade.

Então, se você estudou esse fundamento na faculdade, trate de revisá-lo! O mínimo que as empresas esperam do contador é a aplicação dos seguintes princípios:

  • Competência;
  • Continuidade;
  • Controle;
  • Oportunidade;
  • Prudência; e
  • Registro pelo Valor Original.

Conseguiu aprender com os erros de contadores iniciantes apontados neste conteúdo? Ótimo! Agora, lembre-se de que um requisito para o sucesso na carreira contábil é continuar os estudos, sem estagnar. Ou seja, quanto mais qualificação técnica, menos erros tendem a ser cometidos.

Um excelente começo para quem ainda não adquiriu experiência na área é optar pelo curso Contador Profissional Na Prática. Confira!