Os 5 erros mais cometidos por quem é MEI

Quando decidimos empreender, é preciso estar atento(a) para não cometer deslizes clichês, que nos impedem de alcançar o tão almejado sucesso

0
521

Conquistar mais clientes, vender mais e aumentar o faturamento; esses são os principais objetivos de toda empresa, seja ela de pequeno ou grande porte. E, em tempos de competição brutal, muitas dessas empresas e seus empreendedores estão perdendo grandes oportunidades por cometerem erros que poderiam, muitas vezes, ser facilmente evitados. 

Decidimos mostrar os CINCO erros mais cometidos pelos microempreendedores individuais, principalmente aqueles que se encontram no início da caminhada. Ou seja, que ainda não têm experiência em gerir o próprio negócio.

Fique atento(a)!  Não reproduza tais comportamentos e tendências que podem prejudicar o seu projeto de vida. 

Vamos lá! 

  1. Buscar a perfeição para começar a agir 

É como quando desejamos assistir a um filme na Netflix e passamos horas buscando o título perfeito. No final das contas, desligamos a TV e vamos dormir sem assistir a nenhum deles, não é mesmo? Então, que tal parar de esperar o momento perfeito para começar a agir no mundo dos negócios? 

É claro que devemos nos planejar, mas, é preciso, também, enxergar oportunidades mesmo nas situações que não são completamente favoráveis.

  • Não se conhecer 

Existem vários casos de pessoas que, no desespero por uma fonte de renda, começaram um novo negócio. A linha é tênue entre a necessidade e o propósito, mas ela precisa ser delineada, principalmente porque é o propósito quem diz melhor sobre o prazo de validade de ideias e empresas.

Voltando lá no primeiro erro que listamos, muita gente acredita que o principal ativo de qualquer projeto é sua ideia, mas isso não é verdade: ideias vem e vão, empresas abrem e fecham, mas o empreendedor fica. E é por isso que você precisa conhecer muito bem seus anseios, medos e descobrir seu propósito. Portanto, busque autoconhecimento!

  • Deixar a qualidade do atendimento cair 

É muito comum que o atendimento de um negócio inicie impecável, mas, após conseguir alguns clientes, deixe de apresentar tantas qualidades. Por isso, é preciso sempre inovar e buscar agradar seu público-alvo, assim, você conseguirá clientes fiéis e satisfeitos e, consequentemente, o sucesso que tanto deseja.

  • Começar sem um plano de negócios 

Antes de iniciar qualquer atividade, o microempreendedor individual deve elaborar um plano de negócios, ferramenta fundamental para o sucesso de qualquer projeto. É por meio dele que o empresário definirá ações e metas a serem cumpridas a curto, médio e longo prazos.

Para desenvolver negócios também é preciso trilhar o caminho do sucesso. Esse caminho, muitas vezes, pode ser sintetizado em metas. Afinal, não há como se favorecer das oportunidades sem saber onde se quer chegar. Além de estabelecer prazos para alcançar metas, que devem ser claras e específicas, é importante definir também valores para alcançar o objetivo traçado. Custo e prazo vão dar a dimensão das dificuldades e dos passos para atingir a meta.

  • Desorganização financeira 

As maiores dúvidas dos MEIs estão relacionadas ao setor de finanças. Muitos vivem mergulhados em uma completa desorganização financeira, o que muitas vezes leva as contas bancárias ao vermelho.

A gestão financeira tem que ser uma prioridade! O primeiro passo para corrigir isso é realizar o fluxo de caixa. Com planilhas simples, é possível controlar os valores que entram e saem, inclusive com previsões futuras.

O contador é um dos profissionais que mais pode auxiliar nesse passo e, ainda, orientar sobre as melhores opções de enquadramento da empresa para que se obtenha menor custo tributário. 

Dica rápida: Se você quer assessorar MEIs e não sabe por onde começar, ou se você está iniciando sua carreira contábil e quer saber por onde começar, nós podemos ajudar! Conheça o MEI para Contabilidade um treinamento completo onde você vai aprender passo a passo tudo que um Estudante, Recém Formado, Contador Iniciante ou até um Contador com experiência em outras áreas precisa saber para se tornar um especialista em MEIs e prestar serviços para esses profissionais a um preço acessível. Para saber mais clique aqui e transforme sua carreira profissional!

Conteúdo original DicasMEI