Você sabia que os impactos da vida podem acarretar problemas de tireoide?

Segundo as 5 leis biológicas, a tireoide é afetada pelo tempo.

0

A tireoide se assemelha a uma pequena borboleta e está localizada na parte inferior do pescoço, esse órgão pode ser afetado caso haja um descontrole e queda na produção de hormônios produzidos no local.

O que você pode não saber é que essa parte específica do corpo também é afetada pelo tempo.

Conforme explica o Dr. Hamer em suas 5 Leis Biológicas, todos os órgãos do corpo são afetados por conflitos específicos que acontecem no dia a dia, muitas das vezes não sendo percebidos e ignorados, ou então tratados com corticoides.

A tireoide, por exemplo, se desregula quando se há problemas com o tempo, como “Eu não tenho tive tempo para isso”, “Eu preciso resolver tudo isso antes que o tempo acabe” e “Eu não tive tempo de escapar antes que algo acontecesse”.

Qualquer situação da vida que envolva tempo, reflete nesse órgão. Como sempre estamos cumprindo prazos importantes, no trabalho, na escola, com a família e amigos, e passamos por situações onde devemos agir com rapidez, os hormônios estão sempre oscilando e os problemas de tireoide se tornam comuns.

doença de Pompe

Bianca Drabovski, Facilitadora de Consciência e Bioterapeuta, explica “Quando passamos por situações emergenciais, as quais estamos sujeitos a sofrer um trauma, a tireoide descompensa, isso acontece por que as células do cérebro que recebem o impacto dos conflitos enviam um sinal bioquímico para as células do corpo correspondentes causando um desenvolvimento de um tumor, uma fusão de tecido ou perda funcional, dependendo de qual camada do cérebro recebe o choque”.

O uso indiscriminado de medicamentos que tratam os sintomas, sendo tomados por muito tempo, podem ainda agravar a situação, mesmo que estes sejam importantes é essencial avaliar o órgão afetado, o motivo de seu trauma e assim, tratar o problema.

Um grande exemplo apresentado pela Bioterapeuta é de um atendimento realizado com uma paciente que passou a ter problemas na tireoide após ser atropelada.

“A caminho de uma aula, a Lu, minha paciente, estava correndo pois estava atrasada e ao atravessar a faixa do ônibus, mesmo estando atenta, foi atropelada.

Durante o tratamento eu percebi que o órgão do tempo da dela, a tireoide, já estava ativado neste momento e quando ela sofreu o impacto do ônibus, se desesperou, primeiro por que estava sozinha e segundo porque tinha medo do que os pais falariam para ela”.

Deste trauma surgiu o hipertireoidismo, o ganho rápido de peso e a pupila do olho de Lu que constantemente ficava dilatada.

Essas informações levaram Bianca a entender que a paciente não teve tempo suficiente (afetando a tireoide) para enxergar (afetando as pupilas) o perigo do impacto (afetando no ganho de peso).

Com todas essas informações biológicas o tratamento correto pode ser realizado e a Lu não sofreu mais com esses problemas, se livrando também do peso do trauma.

Por Bianca Drabovski Chemin