Pagamento de benefícios do INSS começa na segunda-feira sem antecipação do 13º

0

O pagamento dos benefícios do Instituto Nacional do seguro Social (INSS) começa nesta segunda-feira (26), e como era esperado, sem a antecipação do 13° salário, que ficará mesmo para maio.

Mesmo com a sansão do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ao projeto de Orçamento da União no último dia do prazo, nesta quinta-feira (22), não haveria tempo para efetuar o depósito da gratificação ainda em abril.

Foto: vadimguzhva/gettyimages
Foto: vadimguzhva/gettyimages

Os aposentados e pensionistas estão esperando com ansiedade a antecipação do abono natalino. A demora desta vez para a antecipação está no fato do governo não ter assinado a execução do orçamento 2021 que já tinha sido aprovado pelo Congresso Nacional.

Agora, a esperança está na decisão do governo em liberar a primeira parcela do 13° salário do INSS em maio.

O governo tinha até o dia 15 deste mês para calcular a folha de gastos realizados pela Previdência em abril. No entanto, o processamento da folha de pagamentos ocorre alguns dias antes do início do pagamento e, quando concluído, os beneficiários conseguem consultar os valor que receberão no extrato do benefício, disponível pelo portal Meu INSS.

O pagamento aos aposentados e pensionistas do INSS começa nos cinco últimos dias do mês, para quem recebe até um salário mínimo e se estende nos cinco primeiros dias do mês seguinte com o depósito para quem recebe mais de um salário.

No ano passado, o governo antecipou o 13° salário dos aposentados e pensionistas do INSS para abril, quando foi pago a primeira parcela, e a segunda foi paga em maio.

Especialistas dizem que a decisão de antecipar o benefício não altera o orçamento público, porque conta com recursos já previstos para a União, e seria somente uma antecipação na data dos pagamentos.

Edição por Jorge Roberto Wrigt Cunha – jornalista do Jornal Contábil