Muito tem se falado da importância da Vitamina D durante a pandemia causada pela Covid-19.

Embora não exista uma forma de prevenir a contaminação pelo Coronavírus, o que esperamos quando fortalecemos a imunidade é que ao contrair o vírus, a doença se manifeste de forma mais branda.

Segundo farmacêutica da OfficiLab, maior farmácia de manipulação do Rio de Janeiro, o ideal é tomar sol 30 minutos por dia para aumentar a expressão da vitamina D no nosso corpo.

Mas, em tempos de isolamento social, os brasileiros devem estar com os níveis dessa vitamina bem reduzidos, já que a maioria das pessoas está dentro de casa.

Sendo assim, a suplementação se tornou fundamental, dada a importância de manter um nível adequado da vitamina no corpo. 

Uma opção de suplementação é a fórmula manipulada, que além de ter uma dosagem ajustada para cada pessoa, a forma farmacêutica pode ser adequada conforme a necessidade específica de cada um.

É possível veicular a vitamina D em diferentes formas farmacêuticas, como cápsulas líquidas, gotas sublinguais , spray oral, tablets e gomas.

“A suplementação manipulada tem uma grande vantagem, pois o prescritor pode ajustar a dose de acordo com a necessidade de cada paciente.

Muitos prescrevem doses mais altas do que as disponíveis nas drogarias.

As doses podem variar de 1000Ui a 50.000Ui, dependendo da patologia a ser tratada”, explica Dra Renata Ferreira, farmacêutica da OfficiLab. 

Pesquisas realizadas, apontam que a deficiência dessa vitamina contribui para o desenvolvimento de doenças como depressão, alzheimer, esclerose múltipla, asma e osteoporose. Segundo a Dra.

Renata a vitamina D estimula o sistema imunológico e ajuda no tratamento de doenças autoimunes e o Diabetes tipo II.

“A maioria de nossas células de defesa têm receptores para vitamina D, dentre elas, estão as células de Paneth, localizadas no intestino, atuando também em nossa saúde intestinal” explica. 

Além disso, a vitamina D ou hormônio D, apresenta inúmeros benefícios: mantêm em nível ótimo o cálcio plasmático para que funções neurais, cerebrais e formação óssea seja estabelecido adequadamente.

Existem muitos estudos que comprovam a sua atividade na diminuição a resistência insulínica.

Também participa do processo de inibição da formação de substâncias pressóricas, melhorando o controle pressão arterial. Reduz riscos de morte por doença cardiovascular e vários tipos de câncer.

Sobre a OfficiLab

OfficiLab é a maior farmácia de manipulação do Rio de Janeiro com mais de 30 anos de mercado.