Diante de toda a situação que o COVID-19 está causando no mundo, é preciso ter um bom planejamento para sair disso sem muitas sequelas, com uma boa Gestão de Crise.

Fatalmente, com o isolamento horizontal, a economia acaba sofrendo, ou seja, todo o país é atingido.

Por isso, é importante estar a par de todo o tipo de solução para uma ocasião difícil, como a atual.

Confira o artigo a seguir e tenha 5 dicas para levar a gestão de crise e o coronavírus de forma mais correta possível em sua empresa.

O que é Gestão de Crise?

A Gestão de Crise é uma união de todas as forças administrativas da empresa (todas as áreas), ou seja, um método para reduzir prejuízos causados por algum problema, interno ou externo.

Isto é, qualquer detalhe negativo pode vir a causar uma gestão de crise dentro de uma organização, podendo ser:

  • Boatos que não puderam ser contornados;
  • Reclamação de clientes insatisfeitos;
  • Falta de esclarecimentos sobre algum assunto;
  • Isolamento social, por conta de doenças ou desastres; e etc.

Todas as questões listadas acima podem ser causadoras de danos irreversíveis para o negócio, por isso, é preciso ter um plano estratégico.

Dessa forma, o COVID-19 é um exemplo muito real atualmente, sendo que o mesmo ocasionou um colapso mundial, sendo necessário as empresas pensarem em uma Gestão de Crise emergencial.

Dicas para enfrentar a Gestão de Crise do COVID-19

Saiba como fazer uma Gestão de Crise em meio a pandemia do COVID-19 (novo coronavírus). Confira as dicas:

1. Se Mantenha Informado: Faça um Monitoramento Eficiente de Notícias que possam Interessar de alguma forma seus Negócios

Para ter um bom gerenciamento de crise, é importante monitorar toda notícia que valha a pena para o seu negócio.

Isto é, todo e qualquer assunto que tenha a ver com a empresa e que interesse de alguma forma a mesma.

Isto pode ser, a concorrência, reação do público quanto as ações da empresa, comentários de clientes ou detratores e etc.

Utilize a internet para isto, verifique ferramentas que podem ajudar nesse processo, analise conteúdos jornalísticos, redes sociais e qualquer coisa que ajude no monitoramento.

2. Desenhe Cenários com Redução de 10%, 30% e 50% de sua receita

Toda crise pode trazer prejuízos à empresa, por isso, é preciso pensar adiante e visualizar cenários para a empresa.

Ou seja, faça um estudo e desenhe possíveis cenários para o seu negócio, com redução de 10%, 30% e 50% de sua receita.

Assim, você saberá o que pode vir a acontecer com a mesma nestas circunstâncias e estar preparado para as possíveis reduções.

3. Cuide de seu Caixa, faça acordos com Fornecedores e fique atento aos Auxílios Governamentais

Com uma previsão de redução de receita, é preciso muito cuidado com o caixa da empresa.

Avalie gastos e custos que não são tão necessários para o funcionamento da mesma, para assim cortá-los até que haja uma melhoria.

Converse com os fornecedores e faça acordos de prazos e valores, que sejam bons tanto para sua empresa quanto para a do fornecedor.

E tenha atenção nos auxílios governamentais – como o auxílio emergencial que está sendo votado no senado – que podem vir a ajudar a população e o empresário neste momento.

empresa

4. Crie Estratégias para Aumentar o Faturamento

Pensar em novas estratégia de negócio é um passo para aumentar o faturamento, basta ser criativo.

Crie equipes que seja dedicada para a gestão de crise, tenha estratégias de comunicação com o seu público, procure maneiras de ajudar a população no momento – fazendo assim seu nome mais conhecido também.

Isto é, há várias estratégias que podem ser gerenciadas com precisão em um momento de crise, como o atual.

5. Faça a Gestão do Fluxo de Caixa da Empresa

O fluxo de caixa confronta os dados de entradas e saídas de dinheiro da empresa, sendo uma ferramenta de grande utilidade para a gestão financeira de seu negócio.

Dessa forma, fazer a gestão do fluxo de caixa em um momento de crise, como o do covid-19, é de extrema importância.

Com ele você sabe como está a saúde financeira de todo o negócio, sabendo se sobrará ou faltará dinheiro no mês.

Ou seja, o Fluxo de Caixa é o maior aliado da empresa neste momento, com ele você conseguirá prosseguir com algumas dicas dadas acima – como a de cenários de redução de receita.

Dessa forma, tenha uma ferramenta de Fluxo de Caixa eficiente e automatizada.

Organize sua Gestão Empresarial com um Sistema Otimizado

Visto que é importante um bom planejamento para uma gestão de crise, um software se faz necessário nessa etapa.

Então, para que sua empresa tenha uma gestão financeira muito mais elaborada, organizada e otimizada, escolha um sistema qualificado.

Como os da Soften Sistemas, que além de serem completos, funcionais e de baixo custo, permitem suporte técnico ilimitado.