Petrobras anuncia novo aumento na Gasolina e Diesel

0

Nesta segunda-feira (1º de março) a Petrobras acaba de anunciar mais um reajuste nas refinarias, sendo a gasolina reajustada em 4,8% e o diesel em 5%. Logo, o reajuste significa uma alta de R$ 0,12 no preço da gasolina que agora será de R$ 2,60 por litro nas refinarias e um acréscimo de R$ 0,13 no diesel que passa para R$ 2,71 por litro. O reajuste passa a valer nesta terça-feira e terá o Diesel mais caro que a gasolina.

Com relação ao preço médio do gás de cozinha (GLP) o preço para as distribuidoras será de R$ 3,05 por kg, refletindo um aumento médio de R$ 0,15 por quilo.

Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil
Petrobras reajusta em 12% o preço da gasolina nas refinarias a partir desta quinta-feira. Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Aumento no ano

Este ano o reajuste da gasolina é de 42%, enquanto o diesel teve um aumento de 34% este ano nas refinarias. O que significou um avanço de 8.8% da gasolina nos postos de combustíveis no ano, até a data de hoje. Se a alta anunciada nesta segunda-feira for repassada integralmente, a alta nas bombas de gasolina passará para 14%.

Com a divulgação da alta de hoje, chega ao fim a defasagem de 5% entre o preço da gasolina praticado pela Petrobras e o quanto o combustível deveria custar se estivesse alinhado com as cotações internacionais.

Vale lembrar que o avanço nos preços foi o que fez com que o presidente Jair Bolsonaro substituísse Roberto Castello Branco pelo general Joaquim Silva e Luna no comando da Petrobras.

Política de reajustes

A Petrobras desde 2016 adota uma política pela qual ela repassa integralmente a variação da cotação do petróleo, que é negociado em bolsas internacionais, para o preço da gasolina e diesel vendido no país. Como a cotação acontece em dólar, o preço também acompanha as variações do câmbio.

Somente neste ano o dólar já subiu 8%, enquanto o barril de petróleo registra alta de 27,65% (em dólares). Até o ano de 2018, essas correções chegaram a ser quase diárias, contudo, depois da greve dos caminhoneiros naquele ano, essas correções começaram a ser mais espaçadas.