PF combate fraude nos valores de benefícios do INSS

Operação Proditor estima que a fraude tenha ultrapassado os R$ 60 mil

0

Macapá/AP – A Polícia Federal deflagrou, nesta terça-feira (3/11), a Operação Proditor*, para combater desvio nos valores de benefícios concedidos pelo instituto Nacional do Seguro Social (INSS), no Amapá.

Cerca de 16 policiais federais dão cumprimento a quatro mandados de busca e apreensão em Macapá/AP.

De acordo com as investigações, iniciadas por denúncia de vítima do golpe e com apoio da Coordenação Geral de Inteligência Previdenciária (COINP), verificou-se que os investigados se apropriaram de grande parte dos valores de benefício concedido, com o pretexto de ajudar na sua obtenção, porém os segurados já tinham a concessão do benefício adquirido.

Até o momento, o valor total apropriado pelos investigados é superior a R$ 60 mil.

Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil
Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Os investigados poderão responder, na medida de suas responsabilidades, pelo crime de corrupção passiva. Se condenados, poderão cumprir pena de até 12 anos de reclusão.

*Proditor significa traidor. Sob o pretexto de ajudar segurados junto ao INSS, os investigados se apropriavam de valores das vítimas.

Dica Extra do Jornal Contábil: Compreenda e realize os procedimentos do INSS para usufruir dos benefícios da previdência social. 

Já pensou você saber tudo sobre o INSS desde os afastamentos até a solicitação da aposentadoria, e o melhor, tudo isso em apenas um final de semana? Uma alternativa rápida e eficaz é o curso INSS na prática

Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que você precisa saber para dominar as regras do INSS, procedimentos e normas de como levantar informações e solicitar benefícios para você ou qualquer pessoa que precise. 

Não perca tempo, clique aqui e domine tudo sobre o INSS.

Comunicação Social da Polícia Federal no Amapá

Fonte: Polícia Federal