Levantamento divulgado pelo MTE (Ministério do Trabalho e Emprego) demonstra que cerca de R$ 1,2 bilhão em recurso do PIS/Pasep foi pago a 1,3 milhão de trabalhadores. Os números correspondem a uma taxa de cobertura de 6,86% do total do benefício.

Conforme o órgão, 22,8 milhões de pessoas têm direito ao abono referente ao ano-base 2017. O PIS é pago a trabalhadores de empresas do setor privado, por meio da Caixa Econômica Federal. O Banco do Brasil é o gestor dos recursos do Pasep, que é voltado a funcionários públicos.

Leia Também:

FÉRIAS: O que mudou após reforma trabalhista?

No Paraná, já foram pagos aos trabalhadores R$ 79.677.393,30. Em valores absolutos, é o maior montante de recursos repassados entre os três estados da região Sul, até o momento.

Os trabalhadores recebem os recursos do PIS/Pasep conforme calendário. Quem nasceu no mês de julho, os saques começaram em 26 de julho. No último dia 16, iniciaram os pagamentos para quem faz aniversário em agosto.

Todos os trabalhadores com direito ao PIS/Pasep com base em 2017 terão até o dia 30 de junho de 2019 para receber. Recurso do FAT (Fundo de Amparo ao Trabalhador), o abono é uma forma de complementação de renda a que tem direito quem trabalha com carteira assinada e enquadre-se nas regras dos programas.

PIS/Pasep 2018-2019

Tem direito ao abono referente ao ano-base 2017 quem trabalhou com registro em carteira pelo menos 30 dias no ano passado. O trabalhador deve ter cinco anos de inscrição no PIS/Pasep e a renda média não pode ter ultrapassado dois salários mínimos mensais. Os dados apresentados pelo empregador na Ris (Relação Anual de Informações Sociais) devem ser corretos.

Calendário de pagamento

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.