PIS/Pasep: Valores esquecidos ainda estão disponíveis para saque

O PIS é liberado pela Caixa Econômica Federal e o Pasep pelo Banco do Brasil

Muitos trabalhadores ainda não sacaram o abono salarial PIS/Pasep referente ao ano-base 2020, porém, o valor ainda pode ser retirado. Você pode sacar o dinheiro até 29 de dezembro deste ano.

O PIS é liberado pela Caixa Econômica Federal e o Pasep pelo Banco do Brasil.  De acordo com o Ministério do Trabalho e da Previdência, 478 mil trabalhadores ainda não sacaram o valor. Sendo assim, 353.100 são benefícios do Pasep (destinados aos servidores públicos e pagos pelos BB) e 125.624 do PIS (voltado aos trabalhadores com carteira assinada e repassados pela Caixa).

Para você saber se tem direito ao abono salarial referente ao ano-base 2020, poderá ligar para a Central de Atendimento Alô Trabalho, no número 135 ou acessar o aplicativo Carteira de Trabalho Digital, disponível para Android e iOS.

Como posso sacar o dinheiro esquecido no PIS?

Para quem “esqueceu” de sacar o abono salarial PIS/Pasep referente ao ano-base  2020, deverá comparecer a uma agência da Caixa Econômica Federal, portando documento de identificação com foto. 

Também o valor pode ser sacado nos caixas eletrônicos e lotéricas, por meio do Cartão Cidadão.

Já o Pasep, pode ser sacado pelos servidores públicos nas agências do Banco do Brasil. Basta levar um documento de identificação com foto. Para quem é cliente do Banco do Brasil, o dinheiro pode ser transferido automaticamente.

Cotas do PIS/Pasep

A Caixa Econômica Federal está liberando o saque das extintas cotas do Fundo PIS/Pasep. Terão direito às cotas os trabalhadores que atuaram com carteira assinada entre os anos de 1971 e 1988 e não resgataram as suas respectivas quantias.

Segundo o banco, aproximadamente 10 milhões de pessoas devem receber os valores, que somam cerca de R$ 23 bilhões. O acúmulo do dinheiro, de acordo com a Caixa, se deve pelo fato desses beneficiários  terem se aposentado ou até mesmo falecido.

Como consultar às cotas do PIS/Pasep?

Caso você tenha direito às cotas do PIS/Pasep, pode realizar consultas através do site ou aplicativo FGTS ou em uma agência da Caixa. Vale lembrar que será necessário informar o número do PIS para realizar o procedimento.

Como sacar às cotas do PIS/Pasep?

Nos casos em que o trabalhador tenha falecido, seus herdeiros ou dependentes terão direito de retirar o valor. Eles terão até o dia 1º de junho de 2025 para sacar o dinheiro. Quem não retirar o valor no prazo determinado, não terá uma nova chance.

Podem realizar o saque: cotistas, eles poderão acessar o aplicativo do FGTS. Desta forma, será possível realizar a transferência para uma conta-corrente. Ou realizar o saque pessoalmente.

Lembrando que o saque no valor de até R$ 3 mil pode ser efetivado nas lotéricas, correspondentes Caixa Aqui e terminais autorizados, utilizando o cartão Cidadão com senha.

Quem não tiver o Cartão Cidadão ou os valores sejam maiores de R$ 3 mil, deverá ir a uma agência da Caixa e apresentar documento original com foto, para ter acesso ao dinheiro.

Herdeiros

Os herdeiros para poderem retirar o dinheiro, deverão ir a uma agência da Caixa. Neste caso, apresentar a declaração de consenso entre as partes e a declaração de não existência de outros herdeiros.

Não esquecer de apresentar documentos como por exemplo, certidão de óbito. Outra exigência do banco, em relação aos herdeiros, é a apresentação de certidão ou declaração de dependentes; ou inventários; e alvarás judiciais que comprovem as informações.

Comentários estão fechados.