PIX: Conheça as principais dicas para não cair nos golpes

0

O PIX é uma novidade bancária que já ganhou espaço na vida financeira de muitas pessoas, antes mesmo de ser usado efetivamente. Ele veio para trazer uma maneira mais simplificada de realizar transferências e pagamentos.

No entanto, essa novidade chamou atenção de alguns golpistas que estão usando a ansiedade e a possibilidade de fazer o pré-registro de chaves como oportunidades para agir de má fé.

“Por se tratar de um meio online de phishing, eles utilizam isso de gancho. Esse termo “phising” é uma tática usada nesse tipo de golpe, onde eles mandam mensagens em massa e esperam que algumas pessoas acreditem e caiam na mentira”, explica Caio Mastrodomenico, CEO da Vallus Capital.

As fraudes costumam acontecer da seguinte maneira: por meio de um texto chamativo que vem pelas redes sociais, e-mails e até mensagens em aplicativos de conversa e SMS, os golpistas informam os benefícios do PIX e pedem para que cadastrem sua chave.

Para esse cadastro ser efetuado, são pedidos dados, como o CPF, e-mail, telefone e em alguns casos até dados bancários e senhas de autenticação. E assim, eles passam a ter acesso a eles.

Pensando nisso, a Vallus Capital, decidiu dar cinco dicas importantes que te farão evitar de cair nessas fraudes:

• Adicione as chaves do PIx de forma correta. Se você quer fazer o pré-cadastramento dessa nova modalidade, lembre-se de fazer exclusivamente pelos canais oficiais da sua instituição bancária, como por exemplo, o aplicativo baixado em seu celular. No caso de dúvidas, sempre tire por meio desse mesmo canal.

• Nunca forneça senhas. Empresas nunca pedem senhas, seja elas bancos, instituições ou outros. Se caso pedirem, desconfie.

• Cuidado com as solicitações de mudança de senhas que você não pediu. Geralmente, se você pede, eles mandam um link de confirmação para o seu e-mail, mas caso não tenha pedido, não clique em nenhum link de terceiros.

• Não instale programas ou arquivos em anexos. Essa não é uma ação comum em lojas e estabelecimentos, então se algum local pedir para que faça isso, fique atento, pode ser uma forma de roubar seus dados.

• Cancele seu cartão se achar necessário. Se está achando que seus dados possam ter sido expostos ou divulgados, cancele seu cartão e entre em contato com o banco ou instituição financeira e peça para bloquear suas contas e trocar o seu login.

“É sempre importante ficar atento a essas informações. O ideal é que confie somente nos sites e aplicativos oficiais e evite ao máximo colocar seus dados em links enviados por terceiros. Lembre-se, o phishing é um golpe oportunista”, finaliza o CEO.