O plano de negócios é uma ferramenta de planejamento de extrema importância para quem deseja empreender de alguma forma.

O planejamento permite mensurar riscos, avaliar alternativas e suporta a tomada de decisão.

Segundo o professor de Empreendedorismo e Marketing da FECAP Artur Motta, sem um plano de negócios, há o risco de alocar montantes desproporcionais para despesas incorridas inicialmente e faltar recursos para as etapas posteriores, que podem ser críticas para o sucesso do negócio.

A seguir, veja dicas do especialista para acertar no plano de negócios e garantir o sucesso do seu negócio.

PLANO DE SUCESSO

Ao elaborar um plano de negócios, desenvolvemos uma visão integrada e de longo prazo dos diversos aspectos do negócio: financeiro, mercadológico, operacional, entre outros.

Essa visão permite se antecipar a situações futuras e otimizar recursos, tendo em vista o projeto como um todo.

Elaborando um plano de negócios, é possível desenvolver essa visão e alocar recursos adequadamente para cada uma dessas etapas, conforme o cronograma do projeto e a relevância dos investimentos.

No plano de negócios, devem constar todas as linhas de despesas e as estimativas de receitas projetadas de forma conservadora.

Aspectos operacionais devem ser incluídos para garantir o acesso aos recursos e o desenho dos principais processos.

Também deve ser realizada uma análise de mercado e da concorrência, permitindo identificar oportunidades, diferenciais e as ações de marketing para o novo negócio.

Planos de negócios em cenários mais competitivos ou em operações mais complexas devem conter um maior volume e detalhamento de informações.

REVISE O PLANO

O plano de negócios deve ser revisado constantemente. Havendo novas informações, o plano deve ser atualizado com essas novas premissas no menor prazo possível. O plano de negócios é sistêmico e atualizável.

Há uma interligação entre vários elementos do plano de negócios e a alteração em um deles pode impactar os demais.

A brevidade da atualização minimiza o risco de perda da informação e favorece o empreendedor com prazos para obter mais informações e ajustar rotas.

ERROS MAIS COMUNS

Um dos erros mais comuns é o otimismo exagerado do empreendedor, acreditando que sua visão é uma verdade absoluta, sem testar as premissas do plano de negócios.

Para evitar esse erro, é recomendável conversar com vários interlocutores de diversas áreas, coletar uma grande quantidade de informações, pesquisar negócios semelhantes e concorrentes e, principalmente, testar e testar diversas vezes as hipóteses utilizadas para elaborar o plano de negócios.

Por Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado (FECAP) é referência nacional em educação na área de negócios desde 1902.