Com a crise causada pela pandemia do coronavírus, muitas empresas ainda lutam para honrar as dívidas e outras milhares fecharam as portas.

É o que mostra a pesquisa Pulso Empresa: Impacto da Covid-19 nas Empresas, divulgada pelo IBGE em julho.

De acordo com o levantamento, 4 em cada 10 empresas encerraram suas atividades por conta da COVID-19, atingindo todos os setores da economia: 40,9% entre as empresas do comércio, 39,4% dos serviços, 37,0% da construção e 35,1% da indústria.

Para Luciano Mendonça, diretor comercial da Euler Hermes, apesar de se trata de uma situação atípica, algumas ações podem ser tomadas para evitar prejuízos maiores, principalmente com o retorno gradativo do mercado.

“Todo empresário sabe o quanto a inadimplência pode impactar a rentabilidade e a estratégia de crescimento da sua organização.

Principalmente em tempos como este. Agora, mais do que nunca, a gestão de crédito será fundamental para conduzir o relacionamento comercial entre as empresas e superar a crise econômica. “

Com mais de 55 mil clientes ao redor do mundo, a Euler Hermes analisa diariamente o comportamento financeiro das empresas e preparou um infográfico com os 10 sinais de que o cliente não vai pagar, ou seja, um guia para que as empresas possam se antecipar e assim evitar o temido calote.

10 sinais de que o cliente não vai pagar

Por Euler Hermes Com forte presença mundial, a Euler Hermes auxilia as empresas nacionais e multinacionais a desbravarem novos mercados de forma segura e sustentável.