Presidente Bolsonaro confirma o valor mínimo da parcela do Auxílio Brasil

Já existe uma base de quanto será recebido ano que vem.

Como o valor total dos precatórios será de 89,1 bilhões de reais em 2022, o plano seria parcelar para manter o valor na meta de teto de gastos.

Jair Bolsonaro afirmou em entrevista à revista “Veja” que em discussão com Paulo Guedes, decidiram que o valor mínimo planejado das parcelas é de R$ 300,00 para o Auxílio Brasil.

O governo precisa superar dois obstáculos básicos, para consolidar o valor de R$ 300,00 para o novo Bolsa Família: O precatório e a adequação.

Vetando qualquer lei eleitoral que aumente o bem-estar social, o Auxílio Brasil não correrá nenhum “risco”.

Para que realmente ocorra a implementação do novo plano de transferência de receita, o projeto precisa ser aprovado até o final do ano. Arthur Lira manifestou o desejo de apoiar a pauta e busca simplificar as discussões sobre a proposta nas próximas semanas.

Benefícios Integrados ao Auxílio Brasil:

  • Auxílio da criança cidadã;
  • Benefício primeira infância;
  • Auxílio inclusão na produção urbana;
  • Auxílio para esporte escolar;
  • Benefício superação extrema pobreza;
  • Auxílio inclusão na produção rural;
  • Benefício composição familiar;
  • Benefício compensatório da transição;
  • Bolsa iniciação científica júnior.

São com essas integrações que o governo pretende chegar a R$ 300,00 no plano Auxílio Brasil.

Comentários estão fechados.