Presidente diz que o povo deve cobrar auxílio emergencial dos governadores

0

O presidente da República, Jair Bolsonaro, disse que está estudando o auxílio emergencial de 2021. Entretanto, ele deixou bem claro, que a população deveria cobrar os governadores por um benefício, “eles podem dar auxílio emergencial para vocês”.

Foto: Isac Nóbrega/PR
(Brasília – DF, 17/12/2020) Palavras do Presidente da República Jair Bolsonaro. Foto: Isac Nóbrega/PR

Talvez, os fortes questionamentos feitos ao presidente em relação ao auxílio, deve ter incomodado um pouco. Basta notar a reação dele, quando diz, que ao invés de cobrar a ele, a população deveria pedir “para quem determinou o ‘Fica em Casa’, fechou comércio e acabou com seu emprego”, se referindo ao discurso que foi adotado por alguns governadores, principalmente por João Doria (PSDB).

Bolsonaro afirmou que o governo está com dívidas, “o governo está se endividando”.
O presidente disse que “sente pena” de quem precisa do benefício, das “pessoas que têm dificuldades”. De acordo com ele, “se nós não nos desajustarmos fiscalmente, vem inflação galopante”.

Bolsonaro disse que a população anda cobrando dele o auxílio emergencial, mas que é necessário “mudar a situação”.

Auxílio emergencial em março

Na sua live das quintas-feiras, o presidente garantiu o retorno do auxílio emergencial, que poderá durar quatro meses.

Já o ministro da Economia, Paulo Guedes, quer que o auxílio seja de R$ 250,00 passando depois para R$ 200.

Edição por Jorge Roberto Wrigt Cunha – jornalista do Jornal Contábil