Primeiras vacinas da farmacêutica Janssen chegam ao Brasil

O Ministério da Saúde recebeu a primeira remessa da vacina Janssen/Johnson & Johnson nesta terça-feira, 22. O lote possui 1,5 milhão de doses e esta será a primeira a ser aplicada em dose única no país.

Com isso, a previsão é de que sejam entregues até o final de 2021 em torno de 38 milhões de doses do imunizante que é considerada de 3ª geração e possui a mesma metodologia utilizada nos imunizantes Oxford/AstraZeneca e Sputnik V.

De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), este imunizante apresenta alta eficácia na prevenção de hospitalização e morte pela covid-19. Desta forma, recebeu a aprovação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). 

Veja a seguir outras vacinas que chegaram ao país durante esta semana para a continuidade da imunização da população. 

Novos lotes

O governo federal informou ainda que está aguardando o recebimento de mais 528.840 doses da Pfizer/BioNTech, que também devem chegar hoje ao país.

REUTERS/Dado Ruvic
Frascos rotulados como de vacina contra Covid-19 em frente ao logo da Johnson & Johnson em foto de ilustração 31/10/2020 REUTERS/Dado Ruvic

Outros dois voos com 936 mil doses de vacinas, cada, também estão previstos para esta quarta e quinta-feira. Todos os imunizantes serão distribuídos aos estados e Distrito Federal nos próximos dias. 

Meta de vacinação

Conforme destacou o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, a previsão é vacinar toda a população adulta com a primeira dose da vacina até setembro.

O levantamento do governo federal mostra que a primeira dose da vacina contra a covid-19 já foi aplicada em mais de 40% do público-alvo, o que gira em torno de 64 milhões de brasileiros.

No total, 160 milhões de pessoas são consideradas aptas a serem imunizadas, segundo prevê o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 (PNO).

Segundo informações divulgadas pelo Ministério da Saúde nesta terça-feira, 22, mais de 24,3 milhões já concluíram o esquema vacinal. Além disso, foram distribuídas mais de 123,2 milhões de doses para estados e Distrito Federal desde o início da campanha de vacinação, em janeiro. 

Quem pode vacinar? 

Desde o início da vacinação, foram priorizados determinados grupos pelo Plano Nacional de Operacionalização da Vacina contra a Covid-19.

Diante disso, os estados e municípios seguem cumprindo as recomendações previstas e disponibilizando a imunização à idosos, pessoas com deficiência; trabalhadores de saúde; pessoas com comorbidades e gestantes e puérperas com comorbidades. 

Em grande parte do país, os trabalhadores da educação e funcionários do sistema prisional também estão sendo vacinados. A boa notícia, é que a vacinação também está sendo aberta por idade para aqueles que não possuem comorbidades.

Assim, grande parte dos estados, inclusive, já liberaram calendários que preveem a vacinação de pessoas com idades entre 18 e 59 anos.

Para saber quando você pode se vacinar, basta entrar em contato com a prefeitura de sua cidade e se informar sobre como está o andamento da vacinação. 

Por Samara Arruda

Comentários estão fechados.