Abrir o próprio negócio é uma prática cada vez mais comum, ainda mais em tempos de crises econômicas, quando a instabilidade toma conta do mercado, gerando alto índice de desemprego. Além disso, ao ter a sua própria empresa, o empreendedor pode finalmente se dedicar à área pela qual se interessa e ter mais autonomia na tomada de decisões.

Cursos da área fiscal a partir de R$ 18,32 ao mês e sem juros? Clique aqui e conheça!

Ou seja, é o momento de se realizar profissionalmente e alcançar a independência financeira. No entanto, para que tudo isso se torne realidade, é preciso estar preparado para os desafios de empreender, bem como saber os principais erros cometidos por um empreendedor em seu primeiro ano de empresa.

Assim, você não corre o risco de cometer os mesmos erros e arruinar o seu negócio. Para tanto, neste artigo você vai conferir quais são eles nos tópicos a seguir.

Não ter os conhecimentos básicos
Falta de um plano de negócios
Não fazer o planejamento financeiro
Ausência de estratégicas de marketing
Desistir do seu negócio
Não investir nas ferramentas adequadas

Não ter os conhecimentos básicos

Não é preciso ser formado em administração de empresas para abrir o seu próprio negócio, mas também não dá para empreender sem nenhum tipo de conhecimento administrativo. Hoje em dia, com a democratização da informação, inclusive, promovida pela internet, é possível acessar uma vasta quantidade de conteúdos.

Também é possível buscar consultoria em entidades como o SEBRAE, que está presente em todo o país e de forma gratuita oferece apoio para os novos empreendedores.

Embora exista muito que aprender, é ainda mais relevante ter noções de finanças para a sua empresa e do pagamento de tributos para começar com um negócio legal e formalizado.

Falta de um plano de negócios

Outro entre os principais erros cometidos por um empreendedor em seu primeiro ano de empresa e que leva muitos negócios a fecharem as portas é a falta de um plano de negócios.

Embora o número de empreendedores cresça todos os anos, também aumenta a quantia de empresas que fecham após poucos meses de funcionamento.

A questão é que não basta ter dinheiro para abrir uma loja ou uma ideia na cabeça. É preciso montar um plano de negócios para avaliar a viabilidade do empreendimento e mesmo ponderar o que pode ser alterado na ideia inicial para aumentar as chances de sucesso da sua empresa.

Deixe uma Dúvida