Não tem mistério: tudo o que é fiscal está relacionado à fiscalização de impostos feita pelo governo. Portanto, quando surgem problemas fiscais, significa que seu negócio não paga os impostos como deveria. Isso ocorre quando não há uma contabilidade adequada, o que mostra como o papel do contador é importante.

Com o apoio certo, é possível driblar essas dificuldades e fazer um gol de placa com a sua empresa! Além de tudo, vale a pena se manter por dentro dessas situações para entender como elas aparecem no cotidiano. Quanto mais você souber, mais protegido o seu negócio vai ficar.

Então, que tal cuidar da sua pequena empresa do jeito certo? Venha descobrir quais são essas situações e como evitá-las!

O que são problemas fiscais?

Quando você abre o CNPJ e regulariza a sua atividade, passa a ter muitas vantagens e profissionaliza a sua atuação. Entre as regras, há o pagamento de impostos ao governo de acordo com as características e o regime tributário de cada empresa.

Na prática, isso significa realizar apurações dos valores e declarações dos tributos para que tudo seja pago. Entretanto, com a rotina corrida de fazer o negócio dar certo, algo pode ser deixado para trás — e é assim que surgem os problemas fiscais.

Se houver qualquer erro sobre o pagamento de tributos, essa situação pode se concretizar. Para se manter regularizado e em dia com as suas obrigações, é essencial os tributos e saber como deixar os erros para trás. Assim, há total segurança e possíveis dificuldades no futuro são evitadas.

Quais são os principais problemas fiscais identificados nas pequenas empresas?

A verdade é que esses “deslizes” são mais comuns do que você imagina. Eles aparecem em negócios de todos os portes, inclusive nas pequenas empresas. Ao conhecê-los, é possível identificá-los com maior facilidade e atuar para corrigi-los rapidamente. 

Para não deixar nenhuma situação passar, veja quais são os principais problemas fiscais para ficar de olho.

Escolha errada do regime de tributação

Ao fazer o CNPJ do seu negócio, você precisou tomar algumas decisões — uma delas foi sobre o regime de tributação, certo? Ele envolve as regras para o pagamento de impostos, os valores cobrados e as formas de apuração. Então, é justo dizer que influencia como os impostos incidem sobre o seu negócio.

O problema ocorre quando ele é definido da maneira incorreta. O Simples Nacional, por exemplo, é ótimo para pagar 8 impostos em uma só guia, mas não está disponível para todos os tipos de empresa e pode ser menos interessante que o lucro real para alguns.

Já o lucro presumido é válido até para os menores, mas não é tão atraente para alguns segmentos. Ao escolher do jeito errado, sua empresa pode pagar mais impostos do que deveria.

Falta de organização dos dados

Você já teve dificuldades para encontrar uma nota fiscal, aquele comprovante de pagamento ou um livro caixa? Saiba que isso é fruto da desorganização de dados — um dos principais problemas fiscais das pequenas empresas.

Na maioria das vezes, isso acontece por causa da rotina. Entre tantas tarefas para dar conta, o cuidado com os documentos se torna menor. O ponto é que, na hora de elaborar uma declaração, a desorganização aumenta as chances de erros.

Atraso no pagamento de impostos

Dependendo do regime tributário escolhido e das condições específicas, cada imposto tem um prazo de pagamento. Algumas declarações devem ser feitas trimestralmente, enquanto outros pagamentos são mensais.

Entre os problemas fiscais está a confusão sobre esses prazos. Sabe quando você se esquece de que um imposto era até o dia 20 ou que já era para ter enviado uma declaração? É disso que se trata!

A principal questão é que o imposto atrasado gera irregularidades com o governo e o pagamento de multas. Com isso, não é nada vantajoso perder os prazos.

Falta de adequação às mudanças da legislação

Para se atualizar e abordar novas questões, a legislação fiscal brasileira está em constante transformação. É o que acontece quando dois impostos são unidos em um, quando uma regra do Simples Nacional é alterada ou até quando um novo regime é criado. Se você já está empreendendo há anos, já deve ter visto muitas mudanças.

Não acompanhar essas mudanças da lei traz dificuldades para cumprir tudo isso. O resultado? Um cuidado fiscal desatualizado e que não compreende as novas regras e valores previstos.

Como evitar os problemas fiscais?

A boa notícia é que todos os problemas fiscais podem ser evitados e conhecê-los é o primeiro passo. Agora que você já sabe quais são os principais, o truque é aumentar a atenção e reforçar o cuidado nesse sentido.

As notas fiscais devem ser armazenadas e identificadas corretamente, por exemplo. Para escolher o melhor regime, um planejamento tributário vai ajudar a empresa a economizar e a se tornar competitiva. Já a criação de um calendário evita a perda de prazos.

A dica, portanto, é usar a tecnologia para dar conta de tudo isso: um serviço de contabilidade online é o melhor jeito para não se perder e ser notificado sempre que precisar resolver algo da rotina contábil. Desse modo, é possível ficar longe das dificuldades.

Por que ter um contador é importante?

Para que todo esse cuidado seja simplificado, a atuação do contador é indispensável. Esse é o profissional que tem todo o preparo necessário para dar conta das obrigações fiscais, das declarações e dos pagamentos exigidos.

Ao ter o apoio desse especialista, sua pequena empresa evita erros e problemas e potencializa as oportunidades. É a maneira certa de se manter dentro do que manda a lei e ainda economizar, o que aumenta a segurança de atuação.

DICA EXTRA: O primeiro passo para contadores

Atenção você contador ou estudante de contabilidade, o trabalho para seguir com sucesso na carreira profissional é árduo, inúmeros são os desafios que vamos precisar superar nessa jornada. Mas tenha em mente que o conhecimento é o maior bem que você pode ter para conseguir conquistar qualquer que seja os seus objetivos. Exatamente por isso apresentamos para você o curso CONTADOR PROFISSIONAL NA PRÁTICA, o curso é sem enrolação, totalmente prático, você vai aprender todos os processos que um contador experiente precisa saber.

Aprenda como abrir, alterar e encerrar empresas, além da parte fiscal de empresas do Simples Nacional, Lucro Presumido e MEIs. Tenha todo o conhecimento sobre Contabilidade, Imposto de Renda e muito mais. Está é uma ótima opção para quem deseja ter todo o conhecimento que um bom contador precisa ter, quer saber mais? Então clique aqui e não perca esta oportunidade que com certeza vai impulsionar sua carreira profissional!

Conteúdo original Contabilizei