O PIB (Produto Interno Bruto) da Construção cresceu 1,3% no terceiro trimestre, em relação ao segundo trimestre, contribuindo para o resultado positivo de crescimento de 0,6% do PIB nacional.

De acordo com os dados divulgados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em 3 de dezembro, este foi o segundo trimestre consecutivo de crescimento do PIB da construção, depois de 20 trimestres de queda. “O resultado reforça a percepção de que a crise do setor passou, com o início de um ciclo de recuperação”, comenta o presidente do SindusCon-SP (Sindicato da Construção), Odair Senra.

Na comparação com o terceiro trimestre do ano passado, o PIB da construção subiu 4,4%, também o segundo período de crescimento após 20 trimestres consecutivos de queda.

Já na comparação do acumulado dos quatro trimestres até setembro de 2019 com o acumulado dos quatro trimestres anteriores, o PIB da Construção variou 0,4%.

No terceiro trimestre, o produto das atividades imobiliárias cresceu 0,3% na comparação com o trimestre anterior, e 1,9% em relação ao mesmo período do ano passado. No acumulado dos quatro trimestres até setembro de 2019 comparado com os quatro trimestres anteriores, a variação foi de 2,7%.

A Formação Bruta de Capital Fixo cresceu 2% no terceiro trimestre, e a taxa de investimento no terceiro trimestre de 2019 foi de 16,3% do PIB, a mesma que foi observada no mesmo período do ano anterior.