Produtor rural precisa conhecer a lei da recuperação judicial!

O produtor rural precisa saber como a recuperação judicial pode ser grande aliada em momentos de crise.

A RJ ou recuperação judicial é um dos meios utilizados para evitar que uma empresa chegue a falência e desde 2021 novas regras estão valendo, com atualizações impulsionadas pela crise econômico-financeira ocasionada pela pandemia da Covid-19. Em meio a problemas ocasionados pela pandemia e crise climática, alguns empresários do agronegócio, ainda desconhecem sobre o tema.   

Douglas Duek, CEO da Quist Investimentos, que trabalha com recuperação judicial há 14 anos e há 6 anos tem departamento dedicado ao agronegócio, afirma que o produtor rural não conhece os benefícios e as qualidades da recuperação judicial.  

“O produtor rural tem medo de algo que desconhece. Na prática, a RJ é um grande pacote da renegociação, onde é possível negociar as dívidas, trazer investidores, proteger os bens que podem ser executados e que não há mais controle sobre”, afirma especialista.   

Duek destaca também que o produtor deve procurar conhecer melhor o Instituto da Recuperação Judicial, uma lei feita para momento de dificuldade, em que a empresa precisa se reestruturar e agora abrange o produtor rural que trabalha na pessoa física. Ele lembra que vale afirmar que a recuperação judicial também acaba pausando execuções que já estejam em curso e que protegem o produtor que podem ter suas garantias como maquinário, fazendo e outros bens executados. “Então, o produtor deve se especializar e entender melhor a RJ, porque ela pode ajudar ele em momentos como quebra de safra e grandes enchentes ou secas, podendo ser uma ferramenta necessária para alongar suas dívidas de forma mais interessante”. 

Comentários estão fechados.