Programa de inovação disponível também para pequenos negócios

Sebrae preparou uma programação especial durante todo o mês de outubro para impulsionar a inovação nos negócios

0

A inovação é um processo acessível a todo tipo de negócio e não depende – necessariamente – de grandes investimentos e recursos, não se restringindo apenas à tecnologia.

Para apresentar oportunidades e soluções inovadoras, neste Mês da Inovação, o Sebrae preparou uma programação especial para despertar o interesse para o tema e mostrar como é possível inovar nos pequenos negócios.

As inscrições para todos os eventos online são pelo link.

Para os pequenos negócios, entre as soluções que apoiam a inovação está o Sebraetec.

O Programa promove a melhoria de processos, produtos e serviços ou a introdução de inovações nas empresas e mercados e, só no Estado do Rio de Janeiro, entre 2013 e 2019, o Sebrae atendeu a cerca de 29.700 micro e pequenas empresas, por meio dessas consultorias.  

Segundo pesquisa com esses empresários fluminenses, as principais mudanças ocorridas nessas empresas foram: 76% melhorou qualidade de produtos e serviços (inovações de produto); 73% reduziu custos (inovações de processo); 73% melhorou o atendimento (inovações organizacionais) e 37% melhorou o layout da loja (inovações de marketing). 

Ainda no trimestre passado, um edital específico do Sebrae Rio habilitou novas empresas e consultores sobre temáticas de enfrentamento (superação) da crise gerada pela pandemia, como: transformação digital, design de serviço, saúde e segurança no trabalho, entre outros. 

Ou seja, a prática da inovação está acessível a todos os donos de pequenos negócios.

Um exemplo é a LUDUTOPIA, localizada na Tijuca, zona norte do Rio.

A inovação é o resultado de um processo de rebranding da Luna Duna, marca que trabalhava com moda infantil e brinquedos educativos.

O empresário Igor Augusto Pereira conta que o foco da operação foi apenas no segmento de brinquedos.

“Com apoio do Sebraetec foi possível modelar o ponto para o surgimento da nova marca. Decidimos sair de uma galeria e nos aventurar diretamente no comércio de rua, integrados ao Tijuca Off Shopping. O incremento no ticket médio, mesmo no período de pandemia, foi de cerca de 20%.” 

Segundo Igor, a consultoria em design de interiores resultou na produção de um espaço modulável.

“O ponto de venda foi inspirado nas linhas e funções de alguns brinquedos, como o aramado presente no teto e no portal da loja. Essa escolha trouxe à atmosfera do brincar ao espaço, uma vez que os clientes são convidados a interagir de fato com esses elementos.”

A BRAZIL KOMBI, localizada em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, é outro negócio que aproveitou a oportunidade para melhorar seus processos.

O empresário Alexandre Fares diz que sua empresa buscou inovar por vários motivos desde os mais simples, como a arrumação de layout, que permitiu economia de tempo para a equipe pegar insumos e ferramentas, até mudança de processos. 

“Mudamos inteiramente a forma de acompanhamento das etapas de processo. Hoje medimos o quanto estamos produzindo e implantamos um sistema online de acompanhamento de cada etapa de produção. O mais impactante foi implantar esse sistema para os clientes, que acompanham o seu veículo em detalhes da compra até a entrega, inclusive gerando caixa. A inovação permitiu que os clientes solicitassem mais serviços, conforme o andamento do projeto. Isso fez nossas vendas aumentarem, gerando mais recompra e indicações dos clientes antigos”, ressalta Fares. 

CLT

Já em Campos dos Goytacazes, no Norte Fluminense, a sócia Thais Godinho contou com a consultoria para um projeto de design de ambiente.

Neste espaço, criou a NUTRIKID que inclui loja de produtos naturais, consultório de nutrição e o espaço Nutrikids. 

“Hoje em dia todas as áreas são muito dinâmicas. O empresário deve buscar inovação da administração até a venda, para manter a sua empresa viva e próspera”, destaca Maria de Fátima Lima, analista do Sebrae Rio.

Case Startup Summit – Entre os dias 19 e 23,  será realizado o “Case Startup Summit 2K20”, que promete ser o maior evento para startups da América Latina.

Online, ele apresentará conteúdos 24h por dia, com a participação de fundadores e CEOs dos atuais e potenciais unicórnios do país, especialistas de startups brasileiras em diversas áreas e palestrantes internacionais.

Entre eles, Alphonse Voigt (cofundador e CEO do Ebanx), Ariel Lambrech (co-fundador da 99), Augusto Lins (presidente da Stone Pagamentos), Fabricio Bloisi (CEO do iFood), Eric Santos (co-fundador e CEO da Resultados Digitais), Florian Hagenbuch (co-fundador e CEO da Loft), Sergio Furio (fundador e CEO da Creditas), Stelleo Tolda (co-fundador e COO do Mercado Livre) e Eric Scaramozzino (head de Estratégia de Produto e Operações do Nubank).

Entre os palestrantes internacionais, estão confirmados: Christine Tsai (CEO da 500 Startups), Brad Feld (co-fundador da Techstars), Marc Nager (co-fundador do Startup Weekend), Alexander Theuma (fundador e CEO da SaaStock), Tracy Mann (international Business Development da SXSW) e Charles Adler (co-fundador da KickStarter e fundador e CEO da LostArts).

Além dos painéis e debates, o evento contará ainda com a realização do Startup Awards, considerado o Oscar das startups brasileiras.

Assim como nas edições anteriores, serão contempladas em diversas categorias, como: Aceleradoras, Comunidade do Ano, Investidor(a) Anjo(a) e etc.

O evento vai abrigar também a realização do Desafio Like a Boss, a maior competição de startups do Brasil, com participação de startups de todo território nacional, apresentando seus negócios à investidores, grandes empresas e potenciais clientes.

Informações e inscrições: Para acessar a programação completa do evento, basta acessar o aplicativo exclusivo do CASE Startup Summit 2020, disponível gratuitamente para iOS ou Android.

Fonte: Agência Sebrae