Programas estimulam inovações e melhorias dos resultados do negócio

A inovação envolve diversos atores da sociedade, passando pelas empresas, instituições de ensino e governo

Um programa de ideias de inovação é primordial quando se busca a diferenciação de seus concorrentes e a melhoria dos resultados do seu negócio. De acordo com o Índice de Inovação Global 2021, o Brasil figura em 57° lugar no ranking de inovação. Muitas empresas decidem, inclusive, por sistematizar o funil da inovação utilizando uma plataforma de inovação. Apesar disso, é fundamental que o programa de inovação esteja inserido em um processo bem definido e comunicado para a organização. Qual a importância de melhorarmos este ranking? O que precisa ser feito? Quais são esses programas? Quais são os benefícios desses programas nas empresas? Qual a importância da inovação para o crescimento das empresas?

A inovação envolve diversos atores da sociedade, passando pelas empresas, instituições de ensino e governo. Essa interação entre esses atores visa o desenvolvimento econômico e social, buscando alcançar níveis de conhecimento que resultem em qualidade de vida e papel de liderança mundial, descartando a dependência internacional de bens de toda ordem. Para que isso aconteça, é primordial que as políticas públicas venham a incentivar a inovação tecnológica nas empresas e nas instituições de ensino, promovendo inclusive a interação entre esses atores públicos e privados.

A nossa política de inovação tem como foco a melhoraria das competências individuais e das capacidades de aprendizagem através do sistema geral de educação, a melhoria do desempenho e aprendizado organizacional, ou seja, padrões ISO 9000, controle de qualidade etc., a melhoraria do acesso à informação, proteção do consumidor e a melhoraria do capital social para o desenvolvimento regional.

No Brasil, as políticas de incentivos à inovação temos os fundos de financiamento de bolsas de pesquisa e outras formas de suporte concedidas por agências de fomento e instituições similares, incentivos fiscais como a chamada Lei do Bem que entendemos ser o mais importante instrumento de financiamento de inovação, incentivos financeiros, que envolvem desde a subvenção direta e a concessão de crédito em condições mais favoráveis até o apoio à formação de fundos de capital de risco, incentivos de infraestrutura e facilidades logísticas, em especial nos chamados “ambientes de inovação” (parques tecnólogos e incubadoras de empresas, por exemplo), condições de demanda através do uso do poder de compra do Estado, como foi a encomenda tecnológica da vacina para COVID e a regulação da propriedade intelectual.

A existência de políticas de incentivo à inovação tecnológica, que devem ser ampliadas e entendidas como políticas de investimento em desenvolvimento, são as formas do Governo demonstrar, participar e financiar a inovação nas empresas, modelo que tem sido utilizado por diversos países, incentivado pela OCDE e que tem demonstrado ser eficiente. Dessa forma, as empresas na busca constante de mercado, novos produtos e serviços, melhorias de processos precisam ter sedimentado em suas estratégias a inovação tecnológica como investimento, visando sua posição que almeja no mercado, caso contrário, correrá o risco de se tornar obsoleta e abrir espaço para novas empresas que ingressem no seu mercado.

As empresas devem estabelecer uma estratégia de inovação, ter definida a sua área de atuação e assim poder identificar novas oportunidades, seja na melhoria dos produtos e serviços, seja identificar as oportunidades em novos mercados, estando sempre atenta às mudanças de comportamento do cliente, ou seja, inovação centrada no cliente/usuário, desenvolvendo um pensamento inovador na equipe de colaboradores.

A participação das empresas no processo de inovação tecnológica vai exercer um papel fundamental para que o Brasil avance no ranking mundial de inovação, e quanto mais avançarmos, mais desenvolvidos e maior nossa participação no mercado internacional com produtos e serviços de maior valor agregado.

Por Mabel alvarado, especialista em inovação tecnológica

Comentários estão fechados.