Pronampe: Instituições financeiras autorizadas a concederem o empréstimo

Segundo a Receita Federal 5,3 milhões de negócios têm direito à linha de crédito do Pronampe

O Pronampe é uma linha de crédito especial criada pelo governo federal em maio de 2020, por meio da Lei 13.999.

Esse programa tem por objetivo ajudar micro e pequenas empresas impactadas pela pandemia do coronavírus a manter empregos. E atualmente o programa passou por algumas mudanças, saiba mais!

Quem pode solicitar o Pronampe 2022?

Antes o programa se destinava à microempresas com faturamento anual de até R$ 360 mil e pequenas empresas com faturamento anual de até R$ 4,8 milhões, abertas até 31 de dezembro de 2019 e declaradas se optantes ou não pelo Simples Nacional.

Agora podem solicitar o Pronampe:

  • Empresas de pequeno porte com faturamento anual entre R$ 360 mil e R$ 4,8 milhões;
  • Microempresas com faturamento anual de até R$ 360 mil;
  • Associações, fundações de direito privado e sociedade cooperativas, exceto as de crédito;
  • Profissionais liberais.

Condições

  • A empresa pode pegar empréstimos de até 30% da receita bruta anual registrada em 2019;
  • Para novos negócios, com menos de um ano de funcionamento, o limite do financiamento é de até metade do capital social ou de 30% da média do faturamento mensal;
  • O valor poderá ser dividido em até 48 parcelas;
  • A taxa de juros anual máxima será igual à taxa Selic (atualmente em 12,75% ao ano), acrescida de 6%;
  • Cada empréstimo tem a garantia, pela União, de até 85% dos recursos. Todas as instituições financeiras públicas e privadas autorizadas a funcionar pelo Banco Central podem operar a linha de crédito;
  • A empresa que optar pelo financiamento precisa manter o número de empregados por até 60 dias após a tomada do crédito;
  • 11 meses para começar a pagar.

O dinheiro pode ser usado para investimentos, como adquirir equipamentos ou realizar reformas, e para despesas operacionais, como salário dos funcionários, pagamento de contas e compra de mercadorias.

Lembrando que é proibido o uso dos recursos para distribuição de lucros e dividendos entre os sócios do negócio.

Onde contratar?

A empresa que desejar contratar empréstimos com recursos do Pronampe deverá procurar uma instituição financeira autorizada. Essas são as instituições financeiras autorizadas pelo Governo Federal a concederem o Pronampe:

  • Bancos privados;
  • Bancos públicos (Caixa Econômica Federal, Banco da Amazônia, Banco do Nordeste e Banco do Brasil);
  • Bancos estaduais;
  • Cooperativas de crédito:
  • Agência de fomento estadual;
  • Bancos cooperados;
  • Organizações de sociedade civil de interesse público de crédito;
  • Fintechs;
  • Instituições integrantes do Sistema de Pagamento Brasileiro.

Dica Extra do Jornal Contábil: MEI saiba tudo o que é preciso para gerenciar seu próprio negócio. Se você buscar iniciar como MEI de maneira correta, estar legalizado e em dia com o governo, além de fazer tudo o que é necessário para o desenvolvimento da sua empresa, nós podemos ajudar.

Já imaginou economizar de R$50 a R$300 todos os meses com toda burocracia, risco de inadimplência e ainda ter a certeza que está fazendo suas declarações e obrigações de forma correta.

E o melhor é que você pode aprender tudo isso em apenas um final de semana. Uma alternativa rápida e eficaz é o curso MEI na prática. Trata-se de um curso rápido, porém completo e detalhado com tudo que um MEI precisa saber para ser autônomo e nunca mais passar por dificuldades ao gerir o seu negócio.

Quer saber mais? Clique aqui e mantenha sua empresa MEI em dia!

Comentários estão fechados.