Prova de vida do INSS suspensa! Quando volta ser obrigatório?

0

A prova de vida do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) está suspensa até o mês de junho. A normativa foi publicada no Diário Oficial da União, e altera o último calendário divulgado no fim de fevereiro.

Sendo assim, aposentados e pensionistas não serão obrigados a realizarem a prova de Vida do INSS até o dia 31 de maio. Sendo assim, em junho, a comprovação de vida volta a ser exigida. No entanto, os benefícios não poderão ser bloqueados até o final do próximo mês.

Designed by Rawpixel.com / shutterstock
Designed by Rawpixel.com / shutterstock

Anualmente é exigido pelo INSS que os aposentados e pensionistas façam a prova de vida. O banco onde o beneficiário recebe o pagamento, realiza a comprovação.

Geralmente, esta comprovação é realizada no mês de aniversário ou do pagamento do aposentado e pensionista. Os bancos usam esta estratégia, para que não haja esquecimento por parte dos beneficiários.

Desde 2020, está proibido pelo INSS o cancelamento e bloqueio de pagamentos por falta da comprovação de vida. A prova de vida está suspensa por causa da pandemia e o alto risco de expor os segurados ao vírus.

Lembrando que grande parte dos aposentados e pensionistas do INSS faz parte do grupo de risco.

A segunda onda da doença e o agravamento de contaminação e morte por covid-19, levaram o INSS a prorrogar o prazo para realizar a prova de vida.

Deste modo, a exigência da prova de vida voltará em junho de 2021, quando os beneficiários terão que comparecer a uma agência do INSS para a comprovação. No momento, essa comprovação pode ser feita de forma remota. O programa está funcionando desde o mês de fevereiro, porém, em forma de teste.

Edição por Jorge Roberto Wrigt Cunha – jornalista do Jornal Contábil